(67) 99826-0686
Mosquito zero - fev 2018

'Não vejo nenhum problema', diz Zeca sobre ser financiado por envolvidos na Lava Jato

Se empresários quiserem fazer doação como pessoa física, não encontrarão resistência dentro do partido

13 FEV 2018
Rodson Willyams
07h00min
Foto: Arquivo TopMidiaNews

O deputado federal e ex-governador de Mato Grosso do Sul, José Orcírio Miranda, o Zeca do PT, reconheceu que não 'vê nenhum problema' em ser financiado por empresários, por meio de pessoa física, envolvidos em escândalos, como a Lava Jato. 

"Não vejo nenhum problema. Aliás, ninguém foi condenado e acusação por acusação todo mundo tem. Tem que ter provas, se não tem, não pode condenar cidadão", disse.

Zeca ainda destacou que aceitaria a doação se ela ocorresse de forma transparente. 'Não vejo nenhum problema', finalizou. 

Doação 

Em 2017, o Congresso Nacional aprovou mudanças nas regras eleitorais, principalmente, no que se trata de financiamento de campanhas eleitorais. Pessoas físicas podem fazer doações até o limite de 10% dos seus rendimentos brutos no ano anterior à eleição.

Porém, fica proibida a doação daquelas que exerçam função ou cargo público de livre nomeação e exoneração, ou cargo ou emprego público temporário, com exceção dos filiados a partido político.

Veja também