(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Vice de Odilon será o bispo Marcos Vitor, de Dourados

Ele foi o indicado devido ao trabalho que desenvolve na região sul do estado

5 AGO 2018
Redação
10h01min
Foto: Assessoria

Saiu no final da noite deste sábado (3), a definição do PRB sobre o nome do vice na chapa do candidato a governador juiz Odilon de Oliveira. O bispo da Igreja Sara Nossa Terra Marcos Antonio Camargo Vitor, 53 anos, de Dourados foi o indicado em razão do trabalho que ele desenvolve na região sul do estado.

Sobre a escolha de seu nome para compor a chapa, Marcos Vitor diz acreditar que foi em consequência do trabalho realizado. “Creio que temos hoje o reconhecimento e o carinho da comunidade”, comentou ele, atribuindo também a contribuição da bispa Adriana Lagemann Camargo Vitor, sua esposa.

Nas eleições de 2016, o casal colaborou na eleição da atual prefeita de Dourados Délia Razuk com o apoio do PRB. “Tivemos o privilégio de agregar lideranças naquela ocasião. Agora, ao lado da Adriana, vamos trabalhar intensamente para garantir mais uma vitória, levar o nome do juiz Odilon para servir ao povo como governador de nosso estado”, afirmou Marcos após a definição de seu nome para ser o vice.

Para o presidente estadual do PRB, Wilton Acosta, o bispo foi o indicado por ser grande líder cristão na região de Dourados e estar mais bem preparado para encarar esse desafio. “O bispo Marcos exerce forte liderança junto ao segmento evangélico da região e cumprirá melhor essa função”, observou.

Marcos Vitor diz que o perfil do candidato ao governo juiz Odilon contribuiu muito para ele entrar no projeto. "O juiz tem uma história de vida fantástica, de coragem, de honestidade e justiça, e creio que ele vai levar esse perfil para o comando do Estado. Esse histórico é essencial. Se o justo governa o povo prospera", lembrou o bispo, citando a Bíblia.

O candidato a governador, juiz Odilon, ficou feliz com a indicação do partido aliado. "Estamos contentes com o nome do bispo Marcos Vitor, que vai contribuir muito com nosso projeto para construir um Estado justo e comprometido com a dignidade das pessoas. Contamos com a sensibilidade e a vontade da população em escolher um projeto novo e diferente para Mato Grosso do Sul", declarou. 

Quem é o vice do juiz Odilon?

Nascido em Campo Grande, em outubro de 1964, Marcos Vitor, como ficou conhecido, foi criado em Bandeirantes, onde viveu com sua avó até os 18 anos, quando foi servir ao Exército. Chegou a sargento e em 1991 ele deixou o seu sonho na carreira militar para se dedicar exclusivamente à igreja.

A Igreja Sara Nossa Terra, ele conheceu em 1986, ao receber uma visita de um grupo de oração durante um período que esteve internado no Hospital Militar da Capital em decorrência de uma grave doença. “Deixei o sonho militar e tudo o que tinha construído para servir unicamente a Deus, que tinha me curado e me libertado”, relatou.

Em 1992 foi enviado a Jaciara, no Mato Grosso, como missionário, mesmo município que a família do juiz Odilon de Oliveira foi assentada nos anos 50 e ajudou a construir. Marcos abriu e trabalhou em igrejas na região até 1993. Voltou a Campo Grande para ajudar seu bispo na Igreja sede até 1996, ano em que se mudou pra Dourados para auxiliar na Igreja e comandar os jovens.

Em 1998 se casou com Adriana Lagemann, que era de Jaciara. Foram ungidos pastores e no mesmo ano assumiram a Igreja Sara Nossa Terra como pastores principais. Em Dourados já são seis unidades da Sara Nossa Terra.

Em 2009 foi ordenado Bispo da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra. Atualmente é o presidente do Conped (Conselho de Pastores de Dourados). Marcos Vitor e Adriana Lagemann Camargo Vitor têm duas filhas, Luciana, de 21 anos, e Isabela, de 11 anos.

Veja também