conadhe
OUTUBRO ROSA
(67) 99826-0686

Zeca e Delcídio pagaram caixa 2 de campanha de Vander, afirma Mônica Moura

Na delação, marqueteira conta que a campanha de Vander a prefeitura teve uma caixa 2 bem grande

16 MAI 2017
Airton Raes
07h00min
Foto: Divulgação
politica-interna1
Victor Hugo - 28 anos

A marqueteira Mônica Moura, esposa do publicitário João Santana, afirmou em sua delação premiada que a campanha a prefeito de Campo Grande de 2004 do deputado federal Vander Loubet foi paga via caixa 2 por Delcídio do Amaral e pelo deputado federal Zeca do PT.

Mônica Moura contou que em 2004 foram convidados na época pelo então senador Delcídio do Amaral par fazer a campanha de Vander Loubet. “Por conta da campanha ao senado tínhamos essa relação. Delcídio chamou o João”, disse.

Na delação, Mônica conta que a campanha de Vander a prefeitura teve uma caixa 2 bem grande. “Não me lembro valores. Mas deve ter sido R$ 4 milhões. Essa campanha teve caixa 2 bem grande”, disse.

De acordo com a marqueteira, o caixa 2 da campanha de prefeito do PT em 2004 foi pago pelo Delcídio do Amaral e por Zeca do PT. “Uma parte pelo próprio Delcidio. Entregue em mãos e outra parte paga pelo Zeca, que na época era governador. Os dois apoiavam o candidato do PT”, disse.

Mônica Moura relatou que recebeu em Campo Grande os valores e que recebia as quantias de Zeca do PT através de uma assessora. “Zeca nunca pagou na mão. Mas mandava alguém. Uma assessora não lembro a moça. Era uma assessora de comunicação do Zeca. Tinha cago formal no governo”, afirmou na delação.

Em nota oficial, o deputado federal Zeca do PT afirmou que tomou conhecimento nesta quinta-feira, 11 de maio, da citação na delação premiada da publicitária, Mônica Moura e esclarece que desconhece suposto pagamento referente a campanha de municipal de Campo Grande em 2004, que não fez, nem autorizou qualquer repasse a delatora em seu nome.

politica-interna2
nando viana

Veja também