Menu
terça, 15 de junho de 2021
Algo mais

Criado por três amigos em mesa de bar, perfil 'Cagando Bacana CG' avalia banheiros da Capital

A ideia é que, assim que melhorar a pandemia, o ‘serviço social’ seja mantido e a visita ‘agendada’ em muitos bares de Campo Grande

29 maio 2021 - 11h30Por Nathalia Pelzl

Três amigos em um bar e um assunto aleatório: fazer cocô em banheiro público e foi assim que surgiu o perfil “Cagando Bacana”, em Campo Grande. 

Em janeiro deste ano, um marqueteiro micreiro, um engenheiro de obras prontas, e um empresário folgado – assim é como eles se denominam – estavam em um bar de Campo Grande quando decidiram criar o perfil, que avalia quesitos como acessórios, ambiente, limpeza e avaliação geral dos banheiros. 

Logo de cara, ele explica o motivo dos três não revelarem a identidade. 

“Procuramos manter o anonimato só por dois motivos: 1. Deixar os leitores curiosos sobre quem pode ter tido a ideia (aleatória) de um perfil incomum como esse. 2. No mundo de hoje, existem muito virtuosos da internet que pregam a cultura do politicamente correto, e definitivamente, não queremos ter azia com esse tipo de coisa”, defende. 

Questionado, ele conta como tudo aconteceu. “Nós temos um grupo de futebol há quase 3 anos, e depois das partidas sempre nos reunimos para tomar aquela breja de lei. Chamamos de pós-fut, e ele é sagrado, sempre acontece! Nessas reuniões falamos sobre os mais variados assuntos, não existe limite. Uma hora estamos falando de macroeconomia, e 5 minutos depois o assunto é "o preço do pentelho da ovelha das montanhas nórdicas", enfim, qualquer assunto aleatório”, explica. 

“No dia 11 de janeiro desse ano, alguém comentou que estava com dor de barriga, e o banheiro da conveniência era péssimo, ou nas palavras certas, INCAGÁVEL. A frase fez despertar vários outros comentários sobre o assunto, e descobrimos estar diante de um problema comum ao nosso grupo. E se era comum pra gente, com certeza seria em comum com o restante da sociedade. "Vocês deviam criar um perfil", alguém comentou. Um olhou pro outro, e no dia seguinte fizemos a página. O resto aconteceu naturalmente, como vocês têm acompanhado”, complementou. 

Segundo ele, o objetivo é avaliar o banheiro com a maior justiça e imparcialidade possível. 

“Sempre escrevendo de um jeito engraçado, porém fiel à realidade do local. Nós sempre dizemos que torcemos para as pessoas lerem as avaliações, porque a gente mesmo dá muita risada quando escreve”, revela. 

Apesar de a ideia não ser nova, eles comentam que a recepção está melhor que o esperado. 

“Muitos dão risada, sugerem novos lugares para avaliar, ou mandam fotos de banheiros espalhados pela cidade. Mas o mais surpreendente é quando o dono do estabelecimento que não foi tão bem avaliado comenta, se justificando e prometendo melhorar. O Sheriff Bar reformou o banheiro e não pensou duas vezes. Marcou a gente dizendo que "agora está top pra cagar, venham testar". Os perfis de alguns bares famosos da cidade também já mandaram direct dizendo "Pode vir cagar aqui que o banheiro está pronto pra vocês". Está sendo sensacional e pretendemos continuar trazendo a avaliação de todos para a página”, reforça o administrador da página. 

A ideia, inclusive, é que, assim que melhorar a pandemia, o ‘serviço social’ seja mantido e a visita ‘agendada’ em muitos bares de Campo Grande. 

“Assim que possível todos serão visitados”, promete.