Menu
domingo, 03 de março de 2024 Campo Grande/MS
Algo mais

Esforços dão resultados: Valentina está em tratamento e caminha para vida normal (vídeo)

Alérgica à água, criança ainda precisará se tratar por três anos para ficar bem

10 dezembro 2023 - 07h00Por Méri Oliveira

A pequena Valentina teve seu caso mostrado aqui no TopMídiaNews há alguns meses, quando a família fazia apelo para arrecadar fundos para custear tratamento com vacinas, que é bastante caro.

Agora, em conversa com a mãe da menina, Luciana de Freitas Coutinho, obtivemos a informação de que houve uma melhora considerável no quadro, muito embora a saúde de Valentina ainda não esteja 100%, e seja necessário completar o tratamento de três anos.

Luciana nos contou que a família conseguiu, na Justiça, que o governo custeasse o tratamento nesse primeiro ano. Desta forma, a menina já tomou a 7ª dose da vacina e apresenta melhoras consideráveis nas lesões provocadas pela alergia à água e a vários alimentos.

Mesmo assim, é importante dar sequência, e ela deve continuar, ainda, por mais três anos sendo medicada. Para os outros períodos, a família deve pleitear o custeio do tratamento junto ao governo, mas também fará outras ações para arrecadar fundos.

Relembre o caso:

Após tentativas de conseguir o tratamento de alto custo na Justiça e não obter sucesso, a família da pequena Valentina, de Bataguassu, mas que reside em Presidente Epitácio, decidiu fazer um apelo por ajuda dos internautas, a fim de oferecer à pequena os cuidados necessários para que ela tenha qualidade de vida.

Assim, a mãe da menina, Luciana de Freitas Coutinho, criou uma vaquinha com informações sobre a condição de Valentina, que é alérgica à água e a vários alimentos, com uma meta de R$ 80 mil, valor necessário para o tratamento.

"Valentina precisa da ajuda de vocês, pois minha pequena menininha nasceu com dermatite atópica gravíssima. Entramos na Justiça para conseguirmos tratamento de alto custo, porém, sem sucesso. Não podemos custear esse tratamento, e esperar mais está ficando muito complicado, porque a cada dia que passa, ela está cada vez pior. Estamos tentando conseguir arrecadar para a primeira fase do tratamento. Deus abençoe a todos, obrigada."

Felizmente, a meta foi alcançada e a fase um do tratamento poderá ser iniciada em breve.