SEBRAE MAIO 2023 2

segunda, 27 de maio de 2024

Busca

segunda, 27 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Algo mais

24/09/2017 15:15

Longe de serem só mato, Pancs enriquecem com saúde e sabor a culinária do dia a dia

Fáceis de cultivar, plantas alimentícias não convencionais somam aos temperos já populares na cozinha

Estão nas praças, canteiros e até fazendo companhia às plantas do jardim, mas ninguém nunca deu muita atenção para colocá-las no prato. Consideradas até mesmo pragas por muita gente, diversas plantas que nascem espontaneamente são vistas com mais atenção ao se enquadrarem como Pancs, palavra que resume ‘plantas alimentícias não convencionais’.

O termo vem se popularizando ao ritmo em que cresce a busca por uma alimentação mais saudável e barata, como explica a incentivadora de agricultura sustentável, Márcia Chiad. Em seu restaurante, o Recanto das Ervas, em Campo Grande, as Pancs estão em diversas receitas e na horta ao lado, aos poucos deixando de ser item ‘inusitado’ no cardápio e vendidas em pequenas mudas.

“As plantas não convencionais e comestíveis sempre estiveram próximas, mas sem o destaque de um alface, cebolinha ou manjericão. Se treinarmos melhor nosso olhar, através do conhecimento, nos deparamos com diversas delas, como o dente-de-leão, capuchinha, azedinha, peixinha, caruru, ora-pro-nobis, entre várias outras”, exemplifica.

Apesar de conviver com o cultivo orgânico de alimentos há 17 anos, foi há alguns anos que Márcia conta ter tido contato mais abrangente com as Pancs, identificando seu potencial saudável e de sabor através de um livro do pesquisador Valdely Ferreira Kinupp. Hoje, ela se dedica em demonstrar os benefícios desse cultivo e consumo, que é fácil e de praticamente nenhum investimento financeiro.

No mundo todo, há por volta de 25 mil espécies de plantas comestíveis, sendo que o Brasil tem de 15 a 20% dessa biodiversidade, o que representa de 8 a 10 mil espécies. Mas, pelo hábito alimentar globalizado, nem 300 espécies estão sendo consumidas.

“Você não precisa de cuidado específico pra elas, já que são, entre aspas, ervas daninhas muito resistentes ao clima e a pragas. Apesar da nossa riqueza natural, a alimentação brasileira no geral é pobre, sempre com alface, tomate, as mesmas coisas, devido a certo ‘analfabetismo botânico’, pois as pessoas não conhecem plantas e suas propriedades”, avalia.

Por serem de germinação espontânea, ou seja, muito fáceis, as Pancs podem ser encontradas em diversos lugares, como os citados no início do texto, mas é importante haver cuidado antes de consumi-las. Isso porque nem todas são de fato comestíveis, ou necessitam algum preparo prévio, já que liberam toxinas que fazem mal ao nosso organismo.

Ainda assim, Márcia Chiad estimula a busca por essa alternativa alimentícia e a formação de uma nova cultura na cozinha familiar. “Isso sempre esteve ao nosso alcance, de conhecimento dos nossos avós, mas que se perdeu dentro do modernismo, com o crescimento dos fast foods, e precisa ser retomado. Só não se pode supervalorizar o que é essencialmente popular”, finaliza.

O Recanto das Ervas fica na Rua 13 de Junho, número 1592 esquina com a Rua das Garças, em Campo Grande. Clique aqui para saber mais.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024