(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Praça central de Bonito vira ponto cultural e exibe arte para público internacional

Artes

30 DEZ 2013
Renan Gonzaga
07h00min
Trupe Bobos da Plebe durante apresentação na praça central de Bonito. Foto: Renan Gonzaga

A fama de “Capital do Turismo sul-mato-grossense” que Bonito possui, devido suas belezas naturais, hoje é reconhecia pelo mundo inteiro. Não é difícil encontrar pessoas de diferentes lugares do planeta andando pela cidade, dispostas a descobrirem os balneários, trilhas, passeios ecológicos, mergulhos e tudo que ela oferece.


Mas o ponto de encontro principal entre os turistas, com certeza, é a Praça da Liberdade. Tirar fotos com as piraputangas gigantes ao fundo já se tornou uma tradição, principalmente no final de ano, quando os visitantes podem se encantar com as luzes e enfeites.


Shows, eventos culturais, gincanas, festivais e apresentações artísticas são algumas das atrações realizadas no local. E para aproveitar o público mundial como plateia, artistas utilizam o espaço para mostrarem suas artes. “Esta praça é muito bonita, gosto de ver as apresentações daqui”, comenta o canadense Terry Arden que está na cidade há quatro dias.



De férias em Bonito, para passarem alguns dias com a família, os campo-grandenses integrantes da Trupe Bobos da Plebe usufruem da época de aumento do fluxo de pessoas para realizar apresentações gratuitas na praça. “A gente veio passear na casa da minha sogra, e aproveitamos para pegar a família para se apresentar de palhaço aqui”, revela o integrante Pietro Lara.


“O povo todo vem aqui, e a gente busca levar nossa arte mais para o povo. Poderíamos ir lá no Taboa ou outro lugar que também tivesse público, mas preferimos aqui justamente para mostrar à essas pessoas que estão andando. A praça é lugar do povo” explica a palhaça Tamara Prantil.


Para Pietro, a possibilidade de interagir com as pessoas no local garante o sucesso das apresentações. “Trabalhamos com um conceito de dramaturgia aberta, o público pode se inserir no nosso espetáculo. A gente tem um roteiro, mas a maioria das histórias vem a partir do público”, afirma.


E quem assiste as apresentações, como a da trupe, garante as atividades exibidas na praça são únicas, e que não se vê em outros cantos do mundo. “É algo diferente, eu gosto muito porque não é em todo lugar que se vê isso”, destaca a jovem Alessandra Zavala que assistiu a apresentação da Trupe Bobos da Plebe.



As milhares de pessoas que cruzam pelo local diariamente podem conhecer um pouco do que Mato Grosso do Sul tem a oferecer, é o que acredita Alessandra. “Bonito vem se transformando nas últimas décadas, e a praça com certeza é responsável pelo resgate cultural do Estado”, finaliza.

Veja também