TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
Festival inverno 18/07 a 19/07

Prefeitura entrega prêmios a alunos e professores que participaram de projetos da Reme

Ao todo foram premiados 72 alunos e 54 professores que desenvolveram os projetos junto aos estudantes

20 FEV 2019
Da redação / PMCG
14h13min
Foto: Reprodução / PMCG

Alunos e professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) que participaram, em 2016, dos projetos Silabar em Língua Portuguesa  -1º ao 5º e 6º ao 9º ano – Soletrar em Língua Estrangeira e Matemática em Ação receberam nesta quarta-feira (20), os prêmios referentes às suas participações nos referidos concursos. Ao todo foram premiados 72 alunos e 54 professores que desenvolveram os projetos junto aos estudantes.

Foram entregues 176 prêmios, como smart TVs 43 polegadas, notebooks, bicicletas, smartphones, impressoras multifuncionais e tablets. A solenidade de entrega dos prêmios aconteceu nesta manhã (20), no auditório do Centro de Formação da Semed (Secretaria Municipal de Educação) e contou com a presença do prefeito Marquinhos Trad, da secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, secretária-adjunta, Soraia Campos, superintendentes e técnicos da Semed.

“É uma felicidade muito grande honrar a entrega desses presentes. Hoje é um dia de festa também para os pais, que, com certeza, estão orgulhosos em ver o resultado da dedicação de seus filhos. Espero que vocês brinquem e desfrutem esses prêmios junto de seus filhos, sempre buscando incentivá-los aos estudos”, afirmou o prefeito.

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, disse que a gestão atual se empenhou em realizar as licitações para que as premiações acontecessem.  “Estamos cumprindo um compromisso com a comunidade escolar e com os pais. Além disso, ressaltamos a importância dos nossos projetos que sempre buscam estimular a criança a se superar nos estudos e essa premiação, com certeza, é um incentivo fundamental para eles”, destacou.

Respeito

Para os pais presentes na solenidade, a entrega dos prêmios representa respeito com os alunos. Na opinião de José Paulo dos Santos, pai do aluno Paulo Roberto dos Santos, que na época (ano de 2016) em que participou do projeto Silabar tinha sete anos, a realização de projetos que estimulam o estudo são importantes no processo pedagógico. “Quando soubemos que ele iria receber o prêmio hoje ficamos muito felizes. Essa iniciativa de reconhecer o esforço das crianças é importante para o crescimento deles”, pontuou o pai.

O pequeno Paulo Roberto, que torcia para faturar um smartphone, também ficou satisfeito com a bicicleta e garante que vai convencer a mãe a não vender o presente para comprar um guarda-roupa. “Eu já tenho uma bicicleta, mas estou pensando em ficar com a nova também”, ressaltou. Já a aluna Nicole Frutuoso, do 8º ano da escola Elizio Ramirez Vieira, que também participou do Silabar, fez pensamento positivo e ganhou a bicicleta que tanto sonhava. “Vou usar para ir até o curso de canto e balé. Não vou precisar mais andar a pé”, disse. Radiante também estava o vigilante João Simas ao ver o filho Henrique levar para casa um notebook e uma bicicleta.

“Valeu as broncas que dei para ele se esforçar nos estudos. Não temos computador e a bicicleta veio em boa hora porque a dele está pequena”, contou o pai. A professora de Matemática Lilian Rose Maluf de Chambi, que atua na escola Elpídio Reis, na Mata do Jacinto, também foi contemplada e recebeu um notebook. “Independente da premiação acredito que os profissionais se dedicam para fazer o seu melhor e os prêmio acabam sendo um reconhecimento do trabalho, mas o importante é ver nossos alunos conquistando concursos e a valorização da escola pública”, afirmou.

Veja também