(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Sarau cura depressão de idealizadora e transforma vidas de moradores do Estrela do Sul

Remédio para a alma

10 JAN 2014
Renan Gonzaga
06h00min
Foto: Reprodução Facebook

Ilza Nogueira estava passando por dificuldades quando, em 2012, perdeu o ânimo para tudo. O seu médico, sabendo que ela tocava acordeão, deu a ideia de utilizar a música para curar sua depressão. Graças ao Sarau Raízes, criado em dezembro daquele mesmo ano, Ilza não só voltou à vida como também trouxe felicidade a toda comunidade.


Começou com uma reunião entre seis moradores do bairro Estrela do Sul, após um evento no centro comunitário da região. A intenção era simplesmente tocar e cantar, resgatando a cultura e valorizando a comunidade. “Hoje a preocupação é a motivação, melhorar do auto-estima e re-inserir esse pessoal na sociedade”, diz Ilza.


O artista mais novo, que é a cantora Daiana Ariani, possui 23 anos, enquanto mais velho, o acordeonista Sabino, tem 83 anos. “O sarau renovou a minha saúde e minha disposição. Estou me sentindo outra pessoa, devido a essa união que nós temos, essa amizade muito grande que criamos”, relata Sabino.


Mesmo com os problemas que a idade pode acarretar, o acordeonista, que também é o vice-presidente do sarau, ajuda como pode. “Além de ser um dos primeiros a chegar aqui, ele faz o serviço braçal também. Se precisa carregar uma mesa, ele faz e é um dos últimos a sair”, afirma Ilza.


Moradores do Estrela do Sul encontram na música uma segunda chance para a vida. Foto: Renan Gonzaga


Não só os envolvidos no sarau, mas como toda a comunidade se mostrou disposta a fazer o projeto dar certo. O morador do bairro, Atilho de Arruda, atualmente está desempregado é um dos colaboradores, que por vontade própria ajuda na limpeza de todo salão.


Mario Nascimento, que além de artista é diretor social do sarau, comenta que no futuro pretendem levar o projeto a todos os cantos da cidade. “Nós queremos ir onde convidarem a gente, como azilos de idosos e a Santa Casa. A intenção é agradar”.


Com um público que chega até a 250 pessoas, vários artitas da música sertaneja já participaram do evento cultural, incluindo a dupla Lino e Inara, que está atualmente na Argentina representando o Brasil em um festival de música raiz. “É um orgulho para nós”, revela a presidente e idealizadora.


O encontro dos artistas no Sarau Raízes acontece à noite, sempre as quintas-feiras, às 19h30 e é completamente aberto ao público. O endereço é a Associação Comunitária do Estrela do Sul, que está localizada na Rua Dr. Jivago, número 830, em frente à praça do Bairro, ao lado da Escola Estadual Arthur de Vasconcelos Dias.


Eu cantava no banheiro e não sabia nada, hoje eu tenho uma motivação. Na quinta-feira que estou aqui eu me sinto um artista. Me dedico a aprender e me sinto motivado a cantar. Acredito que a maioria das pessoas sentem isso, com se fossem uma estrela por um dia”, finaliza Mario.


Associação de moradores é palco dos eventos culturais. Foto: Renan Gonzaga

Veja também