ENTREGAS
(67) 99826-0686
Reviva centro

Tradição que dura meio século: com tortas, neta consegue deixar viva memória da avó

A psicóloga de 27 anos vende a torta feita com uma receita que existe há cerca de 50 anos

11 SET 2016
Anna Gomes
15h01min

Uma tradição que ultrapassa o tempo e que já dura meio século  continua com aquele gostinho de criança. O que, a princípio, seria uma forma de conseguir ganhar um dinheiro extra, o ‘mundo das tortas’ acabou se tornando um ótimo negócio para a psicóloga Gabriela Silva Morento, de 27 anos.

Com os ensinamentos da saudosa Dyonézia Aparecida, mais conhecida como dona Dedé, a jovem conta que aprimorou a receita da torta de limão feita pela sua querida avó, da qual que a neta se deliciou por toda infância e juventude.

Unindo o útil ao agradável, Gabriela está conseguindo manter a memória de sua avó viva e, ao mesmo tempo, a famosa torta acabou se tornando um grande empreendimento para a psicóloga.

Gabriela se lembra que começou com apenas alguns pedidos no trabalho, mas com o passar do tempo o negócio foi aumentando tanto que precisou comprar até uma máquina pois não estava conseguindo mais arcar com todos os pedidos trabalhando sozinha.

(Psicóloga contente com o retrato da avó. Foto: Geovanni Gomes)

E a torta? É amor à primeira ‘experimentada’! E com o aumento da clientela, Gabriela resolveu usar a base da receita, mas inventou outros recheios. “Começou para ganhar um dinheiro extra no mês, fui fazendo para os meus amigos mais próximos e os pedidos foram aumentando”, diz a jovem contente.

Muito simpática e sorridente, hoje em dia, a psicóloga também vende as delícias herdadas pela sua avó em comércios e recebe muitas encomendas. “Não tinha a intenção de expandir o negócio, mas meus amigos começaram a me incentivar e resolveu montar uma logo, um nome para os doces vendidos e resolvi colocar o apelido da minha avó, Dedé Tortas”.

(Famosa torta de limão e a dona Dedé ao fundo. Foto: Geovanni Gomes)

Sempre recebendo o apoio da família e amigos, a jovem segue unindo o trabalho de psicóloga e a de fabricante de tortas da dona Dedé. “Também recebo pedidos para festas, mini tortas, que normalmente as pessoas fazem em buffets, fazemos de todos os tamanhos”, explicou.

Até o momento, Gabriela fabrica as tortas em três sabores: doce de leite, nutella e claro, a de limão. “Não tenho pressa em aumentar os meus pedidos, mas estão aumentando com o passar do tempo, deixo as coisas fluírem, o mais importante é deixar viva a memória da minha querida avó e de certa forma a da minha vida também”, ressalta.

Sempre com o apoio da família, o pai de Gabriela é comerciante. Muito comunicativa ela destaca que, talvez por ironia do destino, mesmo no mundo da psicologia, ela ainda continua nos comércios da vida.

 

Se ficou coim água na boca para experimentar essas delícias, você pode estar fazendo encomendas pelo número: (67) 9942-4002.

Veja também