A+ A-

domingo, 14 de abril de 2024

domingo, 14 de abril de 2024

Entre em nosso grupo

2

Campo Grande

21/02/2024 10:51

A+ A-

Adolescente se desespera com retirada do corpo da mãe: 'está naquela caixa' (vídeo)

Devido à agonia, a adolescente precisou ser amparada pelas vizinhas que tentaram a acalmar

A filha de 16 anos de Joelma da Silva André, de 33 anos, morta pelo ex-marido, se desesperou com a retirada do corpo da mãe pela equipe funerária. Muito abalada, a menina precisou ser amparada por vizinhas.

Após trabalho da perícia, enquanto a funerária retirava o corpo de Joelma, a filha se desesperou, não conseguindo acreditar na tragédia que presenciava. "Não acredito que ele fez isso com ela! Minha mãezinha... Não pode ser verdade isso. Não acredito que é minha mãe naquela 'caixa'!", disse em desespero.

Devido à agonia, a adolescente precisou ser amparada pelas vizinhas que tentaram a acalmar. Joelma foi morta pelo ex-marido na manhã desta quarta-feira (21), na frente dos filhos. Foi a menina de 16 anos que chamou a polícia.

O feminicídio aconteceu na Avenida Solon Padilha, bairro Indubrasil, em Campo Grande. Joelma teve uma faca cravada no peito pelo ex-marido, Leonardo da Silva, de 38 anos.

Poucas horas antes do feminicídio, a Polícia Militar chegou a ir à residência da vítima após ser acionada pela adolescente, que estava preocupada com a discussão do casal. No entanto, o ex-companheiro foi apenas convidado a se retirar do local.

O crime

Segundo vizinhos, Leonardo foi até a casa de Joelma, pois teria visto ou ouvido ela entrando em um carro. Já na casa, ele perguntou pela mulher, mas os filhos falaram que ela não estava. Ele então saiu e voltou novamente quando ela já estava no local.

Os dois começaram a discutir, pois ele achou que ela estava o traindo. A filha então chamou a polícia que foi ao endereço e o mandou embora. No entanto, Leonardo voltou. Neste momento ele brigou novamente com Joelma e a matou.

Ela foi morta esfaqueada no peito, em frente aos filhos. Leonardo cravou a faca no peito de Joelma, que agonizou ainda durante alguns minutos. Após o crime, ele fugiu do local de bicicleta. 

Mãe de cinco filhos, sendo dois de Leonardo, dois de um casamento, e um de outro, o crime ocorreu na frente dos filhos que correram para a rua gritando por socorro.

A vizinha ouviu os gritos e foi socorrer as crianças que a abraçaram chorando e bastante abaladas. Segundo afirma, ela havia acabado de acordar quando ouviu os pedidos de socorro. "Levantei de manhã para trabalhar e estava tomando meu café, quando o menino dela de 8 anos e a menina vieram na minha casa, pedindo socorro. Eu saí correndo para casa dela, quando vi a porta, já vi a faca enfiada no peito e o nariz cortado. Ela estava agonizando", relata bastante abalada.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas Joelma já estava sem vida, sem possibilidade de reanimação.

Segundo a Polícia Militar, Leonardo é ex-marido de Joelma, mas ambos moravam juntos há cinco anos. A vizinha afirma que as agressões do homem eram constantes. A vítima sempre deixou claro o desejo de que ele fosse embora.

"Ela não queria ficar com ele, mas ele sempre vinha. Ela se recusava a ter relações sexuais com ele", revela a vizinha. Leonardo já tem passagens na polícia por violência doméstica.

Após o crime, Leonardo fugiu no sentido à Avenida Duque de Caxias, de camisa azul e boné preto. No entanto, poucas horas após cometer o feminicídio, o homem foi preso pela polícia, segundo a delegada da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) Rafaela Lobato. Ele está sendo levado para a Deam.

 

Filhos se desesperam após morte da mãe a facada; delegada esclarece o caso

Posted by TopMídia News on Wednesday, February 21, 2024

 

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias