A+ A-

domingo, 14 de abril de 2024

domingo, 14 de abril de 2024

Entre em nosso grupo

2

Agressão

há 1 mês

A+ A-

Agressor da namorada procura enteada e ironiza que família 'está se doendo' (áudio)

Homem deixou recado para não ameaçarem sua família e não "difamarem sua imagem"

Suspeito de espancar, estuprar e manter a namorada, Luiza Carolina de Arruda da Silva, 38 anos, em cárcere por 10h, em Campo Grande, fez contato com a filha da vítima e, por áudio, disse que a família estava se doendo pelo crime cometido no Jardim Noroeste.

A mulher passou a noite de sábado (24) até a manhã de domingo sofrendo nas mãos do companheiro, por ele sentir ciúmes do ex-marido da vítima.

Em recuperação dos traumas vividos, Luiza conta ao TopMídiaNews que após cometer o crime e fugir, o autor fez contato com sua filha dizendo que se entregou a polícia, mas foi liberado. No mesmo áudio o homem pede aos familiares da vítima não denegrirem sua imagem e nem ameaçar sua família.

"Eu me apresentei e o cara me liberou, a única coisa que eu quero que vocês parem de ficar denegrindo minha imagem, não ameaça minha família, se tem que fazer alguma coisa, é comigo, certo?", diz ele em áudio enviado a filha da vítima.

O agressor ainda diz que a família da vítima está se doendo pelo crime.

"Vocês estão se doendo? Beleza, são parentes, se eu fiz alguma coisa foi entre eu e sua mãe, tá? (SIC) "Bom, tô deixando um recado", diz o agora ex-namorado.

Conforme detalhado por Luiza, o crime aconteceu na casa dela, onde foi encontrada pela filha.

"Minha filha foi quem me resgatou, levou ao CRS (Centro Regional de saúde) Tiradentes e de lá fui para Santa Casa", lembra.

A mulher levou chutes no rosto e precisou levar pontos e está sem voz há 3 dias pelo estrangulamento.

A reportagem ainda não divulgou o rosto do suspeito, pois aguarda autorização policial. A vítima autorizou o uso da própria imagem.

 

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias