A+ A-

quarta, 22 de maio de 2024

Busca

quarta, 22 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

20/07/2018 07:00

A+ A-

Após ser recusada em hospital, gestante relata atendimento exemplar pelo SUS no HU

Nas redes sociais, mulher distribui elogios ao acolhimento da equipe médica que realizou seu parto

Do pesadelo ao sonho, pode ser bem resumida a experiência da auxiliar administrativa Mikaela Tomicha, na noite em que deu à luz ao seu filho João Paulo, no dia 10 de julho, em Campo Grande. Ela dividiu sua experiência em um grupo de Facebook sobre o até então impensável excelente atendimento que receberia pelo sistema público de saúde, no Hospital Universitário.

As surpresas começaram negativas, ao receber a notícia da impossibilidade da realização de seu parto na Maternidade Cândido Mariano, onde havia programado há meses seu parto. Com fortes contrações e se contorcendo de dor, foi informada que não havia medicamentos para pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), e teria que procurar outro hospital.

Correndo contra o tempo e inconformados, ela e o esposo foram até o Hospital Universitário às pressas. E foi lá que quase instantaneamente se acalmou, transformando as surpresas em ‘improváveis’ acontecimentos positivos, diferentes de tantos relatos contrários e, infelizmente, corriqueiros quando se fala de saúde pública.

“Nunca vi um hospital público tão bem preparado e organizado como o HU. Desde os médicos, pediatras, enfermeiros, faxineiros e etc”, detalhando todo o cuidado com que foi recebida. Logo que chegou ao local, já apresentava dilatação de quatro centímetros e foi encaminhada a um quarto, onde ficou na companhia de enfermeira que a preparava para o parto.

“Ela começou a me ajudar com os exercícios para dilatar, perguntava a todo o momento se eu queria um banho quente pra ajudar nas dores, eu até aceitei , fiquei lá por horas no banho, pois realmente ajuda muito... Depois voltei pro quarto e mais exercícios, ela perguntava se eu queria luz acesa, luz apagada, com alguma música que eu gostava, ou sem música mesmo”, diz.

Estendendo elogios ao médico que realizou o parto, conta que seu filho nasceu na manhã do dia seguinte, um pouco fraco, então permaneceu com ele por mais cinco dias no hospital. Ainda, tratada com toda a dedicação em todos os aspectos.

“Olha, realmente o Hospital Universitário está de nota 10...Parabéns pelo trabalho de vocês, simplesmente excelente!”, finaliza o relato.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO