SEBRAE MAIO 2023 2

segunda, 27 de maio de 2024

Busca

segunda, 27 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

30/08/2017 13:00

Cercado de muito amor, bebê Yago deixa UTI e emociona médicos e familiares

Médicos agora se dedicam a nutrição da criança que atualmente pesa 1.685 kg

Com cinco meses de vida, o bebê Yago deixou, na manhã desta quarta-feira (30), a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neo Natal da Santa Casa de Campo Grande e foi encaminhado para a UI (Unidade Intermediária). O caso de Yago é inédito em Campo Grande, pois Renata Souza Sodré teve morte cerebral com cinco meses de gestação, foi internada e os aparelhos foram desligados no dia 31 de março, após o nascimento do bebê.

Yago foi transferido acompanhado do pai, Eduardo Noronha, da avó Adriana de Souza e dos profissionais que acompanham o desenvolvimento da criança. De acordo com o neurologista Walter Perez, o bebê atualmente está com 1.685 kg e a transferência deve deixar Yago com um contato maior com a família, que terá a oportunidade de segurar por mais tempo o pequeno nos braços.

“O foco agora é fazer ele ganhar peso, conseguimos dar alta a partir de 2 kg, mas isso dependerá ainda de muitos fatores. Ele tem que aprender a fazer a sucção (mamar sozinho), atingir o peso necessário e não precisar mais de oxigênio para respirar. Ele precisa ainda de pouco oxigênio para respirar, mas precisa. Agora o foco será a parte de nutrição dessa verdadeiro guerreiro”, diz o médico.

Questionado sobre o momento mais emocionante durante o tratamento de Yago, Walter e as outras médicas que concederam entrevista para a imprensa, a intensivista Patrícia Berg Leal e a neonatologista Claúdia Guimarães relembraram do momento exato em que Yago chorou após o parto. “Com certeza o choro dele surpreendeu e emocionou muito. Não esperávamos que ele fosse chorar, aquele momento foi marcante”, relembra Patrícia.

Sobre possíveis sequelas, já que o bebê passou por tratamento cirúrgico no coração e ainda tratou uma bactéria, os profissionais confirmam que existem algumas sequelas diagnosticadas, mas como Yago continua sob cuidados médicos, seu desenvolvimento é considerado normal. Conforme os profissionais, tendo bons resultados na UI o bebê poderá finalmente ir para a casa com a família.

“Não tem um tempo estimado, temos um peso estimado e algumas coisas precisam acontecer, mas ele sempre surpreende e mais uma vez temos a certeza de que ele rapidamente vai surpreender. Ele é uma criança muito forte, com muita vontade de viver. Sobre aprender a mamar, ele agora vai começar a ser acompanhado pela fonoaudióloga e acredito que não será difícil porque ele já adora a chupeta, se tira a chupeta ele chora”, afirma Cláudia.


O pai do menino, não segurou a emoção ao falar do filhão, que surpreende a cada dia. “Ele é um vencedor, eu tenho muito orgulho dele, cada hora ele apresenta uma melhora, ele deixa todo mundo muito feliz. Vivemos momentos muito difíceis, vivíamos em um velório 24 horas por dia, mas ele veio cheio de luz, guerreiro igual a mãe dele, que foi uma guerreira enquanto esteve aqui”.

Eduardo afirma que deixou o emprego para se dedicar ao filho. “Eu vivo aqui na Santa Casa, estou aqui todos os dias, com ele, vendo ele vencer todos os dias. Eu deixei o emprego para acompanhar ele, três vezes por semana estou aqui. Foram todas as orações que ajudaram a gente,  a fé move montanhas”.

A avó, Adriana garante que Yago é a continuação de Renata na terra. “Eu não tinha muitas esperanças, ainda mais porque não tinha registro de casos assim aqui, minha fé era um pouco menor que a do Eduardo, mas hoje eu vejo o guerrreiro que o Yago é. Ele parece muito com a minha filha, ele é a continuação dela”.

Adriana destaca que através de ajuda financeira, as obras para a criação do quarto de Yago estão sendo finalizadas e a família está ansiosa para receber o guerreiro em casa. “Lá em casa só falamos disso, que logo logo o Yago vai chegar. Fizemos o quartinho, ganhamos ajuda e graças a Deus ele vai ter o quartinho dele”.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO