Menu
segunda, 17 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Chuva causa transtornos e deixa motoristas ilhados na Capital

05 dezembro 2015 - 15h59Por Dany Nascimento e Rodson Willyams

Dois carros ficaram presos e quase foram carregados após o Corrego Segredo transbordar devido a forte chuva que caiu em Campo Grande na tarde deste sábado (5).  O volume de água arrancou até mesmo as grades que cercam o Parque das Nações Indígenas e peixes foram encontrados na Avenida Via Parque.

De acordo com Antônio de Brito, 33 anos, que trafegava com seu veículo Gol, placas HQH 3430 na rua Nelis Martins (Via Parque), contou ao TopMídia News que foi surpreendido pela água que transbordou e que enche o lago, do lado do Parque das Nações Indígenas. O volume da água subiu de forma rápida e encobriu seu veículo. Segundo Antônio, seu carro ficou preso em um buraco da via, dificultando o trajeto.

Foto: Cedida por Juliana Pascotto. Momento em que água encobriu o veículo Gol.  

"Eu não consegui fazer nada porque o volume de água subiu tão depressa, que nem abrir a porta do carro eu consegui. Meu carro ficou preso em um buraco e a água foi subindo. Fiquei aguardando dentro do veículo até que os bombeiros chegassem", disse Antônio.

Juliana Pascotto, 31 anos, que mora em frente ao Parque das Nações viu que o carro de Antônio estava sendo encoberto pela chuva e acionou o Corpo de Bombeiros. "Eu vi a água tomando conta do carro dele e liguei para os Bombeiros. Todas as vezes que chove forte, acontece isso aqui. Sempre tentamos alertar os motoristas, mas a maioria deles avançam e tentam continuar o trajeto".

No mesmo momento outro veículo foi encoberto pela águas. Os bombeiros socorreram Malos Regis, 38 anos que ficou preso dentro de uma caminhonete. O motorista disse que tentou processeguir mais água atingiu as rodas do veículo e chegou até arrastá-lo parcialmente. 

Segundo os bombeiros, os motoristas acabam colaborando para acidentes como estes, já que não param o veículo ao se deparar com um nível alto de água e insitem em dar continuidade.

"Geralmente isso ocorre porque a barreira de contenção da Mata do Jacinto não está segurando o volume de água. Por essa razão, quando chove muito naquela região, ela chega aqui com muita força. Constatamos que a água estava em um volume grande e os motoristas tem que esperar, não podem avançar. Devem tentar mudar trajeto ou esperar a água abaixar", explica o subtenente Rosemberg. Os bombeiros retiraram os veículos que estava preso.

Peixes

O volume água foi grande que peixes ficaram presos nas grades, e foi encontrato até na via. Um buraco também chegou a se abrir no local, possivelmente provocado pelo volume de água.  

A prefeitura acionou equipes da Defesa Civil e Agetran que estão pelas ruas da Capital prestando serviços a população e pelos menos três vias chegaram a ficar bloqueadas.  

Asfalto na Via Parque provocado pela chuva.