Menu
sexta, 23 de fevereiro de 2024 Campo Grande/MS
GOVERNO NOTA PREMIADA FEVEREIRO DE 2024
Campo Grande

Fetems emite nota de repúdio e solidariedade à família de professora assassinada pelo ex

Emitida pela federação e seus 74 Sindicatos Municipais filiados, a nota lamenta e pede pelo fim da violência contra mulher

11 março 2019 - 13h36Por Nathalia Pelzl

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) emitiu uma nota de solidariedade à família da professora Nadia Neves Rondon, assassinada pelo ex-marido com mais de 30 facadas enquanto comemorava seu aniversário de 38 anos, em Corumbá,  na madrugada desse domingo (10).

Emitida pela federação e  seus 74 Sindicatos Municipais filiados, a nota lamenta e pede pelo fim da violência contra mulher.

“A FETEMS e os SIMTEDs lamentam mais este feminicídio. Não podemos aceitar a violência que mata, especialmente, mulheres! Este é o segundo caso na educação, o primeiro caso foi da merendeira SILVANA TERTULIANA, de 42 anos, de Campo Grande, assassinada a facadas no dia 9 de janeiro, pelo ex-namorado que não aceitava o fim do relacionamento. Dados recentes (2019) apontam que o Brasil é o 5º país em morte violentas de mulheres no mundo e o Estado de Mato Grosso do Sul, ocupa o 3º. lugar em feminicídio dentre todos os Estados brasileiros”.

Os golpes atingiram as costas, tórax, rosto e braços. A vítima era professora de Língua Portuguesa e Inglês nas escolas municipais Pedro Paulo de Medeiros e Isabel Corrêa. Antes, também foi servidora do Estado na Casa do Trabalhador de Corumbá.

O comunicado da Fetems reforçou também que todos lutam pela paz e igualdade de direitos na vida, trabalho e na sociedade, e que repudiam e combatem qualquer forma de violência, preconceito e discriminação.