TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Idoso morre na Santa Casa seis dias após ser picado por escorpião

Homem de 65 anos passou pela UPA Vila Almeida duas vezes

17 abril 2020 - 18h12Por Thiago de Souza

Idoso de 65 anos morreu, nesta sexta-feira (17), seis dias depois de ser picado por um escorpião, em Campo Grande. No entanto, a família da vítima disse que o homem não tomou nenhum remédio contra picada do aracnídeo no hospital e ainda contraiu uma pneumonia na Santa Casa.

Conforme o boletim de ocorrência registrado na Depac Centro, na Capital, o idoso foi picado na noite do dia 11 deste mês, em casa. Ele foi levado à UPA Vila Almeida, foi tratado com um medicamento contra dor e teve alta. 

No entanto, no dia seguinte, sentiu dores na barriga e não conseguia urinar, indo novamente à unidade de saúde da Vila Almeida. De lá foi encaminhado para a Santa Casa, no dia 14. 

Ainda segundo o registro policial, feito por uma filha, o homem deu entrada na ala vermelha, onde ficou até o dia 15. No dia seguinte, ele melhorou e foi para a ala verde. Porém, teve um novo revés e voltou para o setor vermelho, onde veio à óbito na madrugada de hoje. 

Conforme a filha da vítima, o pai não teria recebido medicamento contra picada do aracnídeo e, segundo um médico teria informado, contraiu pneumonia no hospital. No boletim de ocorrência, um médico relatou que a causa da morte foi um quadro evoluído de problema  renal e insuficiência respiratória.

Diante da situação, o delegado plantonista pediu a necrópsia do cadáver para esclarecer a causa da morte. 

Santa Casa

A Santa Casa informou que o problema não se deu em razão da pneumonia, que é comum em hospitais. A causa da morte será esclarecida por meio de exame necroscópico, inclusive para verificar se houve relação com a picada de escorpião. 

Sobre o atendimento ao idoso, o hospital diz que existe um protocolo que institui o tratamento por ordem de urgência. 

''Durante o período de internação ele foi acompanhado pela equipe de nefrologia e clínica médica devido doenças pré-existente'', informou a assessoria.