TJ BANNER JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Marquinhos assina decreto que dá 'upgrade' em salário dos administrativos da saúde

Ao todo, 871 servidores terão direito ao benefício

28 janeiro 2019 - 10h38Por Rodson Willyams

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) assinou, nesta segunda-feira (28), o decreto de concessão de produtividade SUS (Sistema Único de Saúde), que vai beneficiar 871 servidores do administrativo da Secretaria Municipal de Saúde. Durante o evento, Marquinhos afirmou que o município fez 'justiça social' com os servidores.

Conforme o decreto assinado, terão direito a receber a produtividade: dois agentes de atividades educacionais; 114 ajudantes de operação; quatro artífice de copa e cozinha; 30 assistentes administrativos I e 322 assistentes administrativos II; 247 assistentes de serviços em saúde; 55 auxiliares de serviços diversos; 18 auxiliares sociais I e mais 73 auxiliares sociais II; um digitador, um redator e quatro telefonistas.

Segundo o decreto, os servidores terão o reajuste da concessão da produtividade SUS de forma gradativa nos salários, recebendo o acréscimo de R$ 200 nos meses de janeiro e fevereiro; logo depois, R$ 400 em março e abril, e a partir de maio até dezembro, receberão o acréscimo de R$ 600 nos vencimentos.

Aos servidores, o prefeito disse que desconhecia a realidade destes servidores e está fazendo 'justiça social' aos que ficaram sem o benefício desde 2004. "Esse benefício já existia e está sendo reconhecido e atualizado dando um upgrade a todos os assistentes administrativos que, desde 2004, estavam sem receber. Esse servidores são da ponta do atendimento das unidades de saúde e estamos devolvendo aqueles que tinham direito".

Marquinhos ainda lembrou que o pagamento não será retroativo por impossibilidade financeiras do município. "Mas corrigimos e atualizamos esse benefício. Estamos entregando o que é de direito e não era reconhecido. Todos os recursos e investimento têm sido feito com recursos dos impostos. E nós estamos olhando para os pequenos, médios e altos servidores do município", finaliza.