SEBRAE MAIO 2023 2

sábado, 25 de maio de 2024

Busca

sábado, 25 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

há 1 semana

Na habilitação provisória, motorista bate em Volvo e precisa pagar R$ 16 mil em conserto

Ele tentou acordo para parcelar dívida, porém, vítima exige pagamento integral do valor

Na habilitação provisória, o motorista Isaque Baetz sofreu um acidente em outubro do ano passado, após bater o carro na traseira de um veículo Volvo em Campo Grande. Após o incidente, restou a dívida do concerto, avaliada em R$ 16 mil. Com vítima exigindo pagamento integral do valor e sem condições, ele agora pede ajuda através de uma vaquinha.

Cabeleireiro, Isaque explica que acidente ocorreu quando ainda estava na habilitação provisória. Segundo ele, foi o primeiro acidente em que se envolveu, tendo batido na traseira de um veículo que estava a frente.

Com a colisão, a parte tarseira do veículo atingido, um Volvo XC 40, acabou danificada. O carro é de alto valor, ocasionando um prejuízo de cerca de R$ 16 mil.

Isaque afirma que, após a batida, foi ao Juizado de Trânsito, juntamente com a vítima, onde chegaram ao acordo de que ele pagaria R$700 reais por mês para o conserto dos danos. Porém, dia depois, o dono do carro não aceitou mais a proposta, exigindo o carro dele como forma de pagamento.

"Eles queriam o carro como forma de pagamento, porém o carro que eu estava dirigindo estava quitado, porém, não estava em meu nome, porque o carro não era meu. A mãe e a advogada do dono do carro foi em minha casa duas vezes e mais duas vezes no meu serviço, querendo que eu entregasse o carro como forma de pagamento", explica.

Sem condições de cumprir com as exigências da vítima, Isaque afirma que teve todas as contas bloqueadas para o pagamento da dívida. Na tentativa de resolver o impasse, ele foi na Defensoria Pública, porém, uma proposta de acordo sempre foi negada.

Ele explica que, como cabeleireiro prestador de serviço, não possui condições para conseguir um valor a vista tão alto, por isso busca um acordo para parcelar a dívida. Com todo o transtorno desde o acidente, Isaque está tendo crises de ansiedade.

"Eu não tenho condições e nem da onde tirar o valor a vista que ficou o conserto do carro que bati, que foi apenas no para-choque do carro dele. O valor está em R$16 mil. Com todo esse transtorno eu estou com crise de ansiedade porque o que eu mais quero é resolver isso", relata.

Sem saber como conseguir o valor para arcar com a responsabilidade do acidente, Isaque resolveu pedir ajuda para conseguir angariar a quantia, realizando uma vaquinha. Para quem puder ajudar, doações pode ser realizadas pelo link https://www.vakinha.com.br/4773492.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO