FIEMS JUNHO

segunda, 17 de junho de 2024

Busca

segunda, 17 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

há 1 semana

Na metade do ano letivo, alunos ainda não receberam livros didáticos em escola de Campo Grande

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou "que todos os livros didáticos serão entregues aos alunos"

Na metade do ano letivo, os alunos do 2º ano da Escola Municipal João de Paula Ribeiro ainda não receberam os livros didáticos. Segundo os pais e responsáveis, a situação não tem previsão de ser solucionada.

Conforme Monica Carlini, avó e responsável pela neta de 7 anos, a criança está desde o início do ano a espera dos livros didáticos. Ela explica que tanto a menina, quanto diversos outros alunos não receberam o material.

Segundo ela, só após diversas reclamações, a escola disponibilizou aos estudantes, do 2º ano do período matutino, um livro de história. No entanto, as outras matérias seguem sem materiais.

A ausência dos materiais didáticos estaria ocorrendo porque a escola possui mais alunos do que livros, afirma a avó. De acordo com ela, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) pediu que o estabelecimento de ensino montasse mais uma turma, porém não repassou materiais adicionais. Sem livros para todos, a escola decidiu não os distribuir.

"O que a diretora alega é que a Semed mandou montar mais turma do que devia de 2º ano e aí não tem livro para todo mundo. A escola diz que não recebeu da Semed e a Semed diz que não recebeu do MEC. Como que as crianças estudam sem livro? As crianças que agora estão aprendendo a escrever?", questiona.

Para Monica, o que deixa a situação ainda mais alarmante é que não há previsão para que situação seja solucionada. "Não tem previsão, não tem nada. Não dão nenhuma previsão. Isso que é mais desesperador", relata.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou "que todos os livros didáticos serão entregues aos alunos da turma em questão na Escola João de Paula, até o início da próxima semana". Veja:

A Semed está redistribuindo os livros excedentes de outras escolas para atender a essa turma, o que já estava previsto para ocorrer até o início na próxima semana, podendo ser entregue antes. Um dos livros, o de História, foi entregue aos alunos em maio.

A falta de livros na Escola Municipal João de Paula Ribeiro se deve à abertura de uma nova turma (em relação ao ano de 2023), o que resultou em um número maior de alunos do que o previsto inicialmente. A projeção de livros é feita com base no Censo Escolar fechado em maio do ano anterior, e, embora o FNDE faça uma estimativa para atender novas matrículas, pode ocorrer déficit de livros em casos de abertura de novas salas.

A Semed desde sempre mantém contato direto com a escola nesta busca. Cabe esclarecer que a coordenação pedagógica junto aos professores da escola possui a capacidade técnica e pedagógica para desenvolver atividades educacionais com ou sem os livros didáticos, garantindo que o processo de ensino-aprendizagem não seja prejudicado.  

O Centro Municipal de Tecnologias e Inovações Educacionais (CMTI), que é o setor responsável pelas ações do PNLD na REME, está em contato constante com o FNDE e aguardando o envio de unidades de livros que compõem a reserva técnica de 2024.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO