A+ A-

sábado, 20 de abril de 2024

sábado, 20 de abril de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

Campo Grande

25/08/2018 15:15

A+ A-

Dia do Feirante: paixão é herança de família e Cíntia se orgulha de herdar profissão da avó

Ela é dona de duas bancas no Mercadão Municipal e frequenta o local desde os seis meses de idade

A paixão pela profissão vem de berço e já dura 23 anos: a banca com flores, mudas, terra, vasinhos, entre outros utensílios, pertence à família Fukuchi há anos, mas foi em 1995 que Cintia Fukuchi se tornou proprietária e toca o negócio da família. Ela relembra que cresceu pelos corredores do Mercadão Municipal, que antes era uma feira livre.

“Essa banca era da minha avó, foi da minha mãe e agora é minha. Desde quando eu tinha seis meses de idade, eu vinha com a minha mãe, antes era permitido trazer criança e eu ficava aqui. Eles trabalhavam e eu estava por aqui brincando, observando como eram feitos os atendimentos. Meus pais se conheceram aqui na feira, namoraram e se casaram”, diz a comerciante.

No Dia do Feirante, Cíntia relembra que foi vendo o trabalho desenvolvido pela família, que Cintia aprendeu a vender. “Eu aprendi vendo minha família trabalhando, mas também consegui me formar em administração. Muitos amigos que vinham com os pais para a feira, hoje estão formados e muito bem”.

Cintia destaca a mudança de feira livre para Mercado Municipal e afirma que o local passou a ganhar movimentação e vender ficou ainda melhor. “Antes aqui era sujo, os banheiros eram muito sujos, as pessoas não gostavam muito de frequentar. Era administrado pela prefeitura nessa época, mas quando começou a ser administrado por uma associação, o local ficou muito melhor. Antes tinha muitos vândalos que invadiam aqui para roubar, era complicado, mas agora está uma maravilha”.

A vendedora relembra ainda que a feira era referência em hortifrúti. “Aqui tinha mais verduras, frutas, agora ficou muito melhor porque temos de tudo aqui. Antes também não tinha isso nos mercados, agora já tem. Meus avós plantavam o que eles vendiam, hoje já adquirimos tudo no Ceasa”.  

Dia do Feirante

Esta data é uma homenagem a primeira feira livre que ocorreu no país, em 25 de agosto de 1914, no Largo General Osório, em São Paulo.

Algum tempo depois, o prefeito da capital paulista, Washington Luís, oficializou as feiras e mercados livres com o ato nº 625, em 28 de maio de 1934. Atualmente, a Lei nº 492, de 1984, rege os direitos e deveres das feiras livres em todo o território nacional.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
GOVERNO MS DENGUE ABRIL 2024