TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Pai se foi antes de estreia, mas deixou legado de filmes para campo-grandense de coração

'Querido Embaixador' é o nono longa-metragem produzido por Joaquim Vaz de Carvalho

01 agosto 2018 - 16h50Por Kerolyn Araújo

Os cinemas do Brasil começarão a exibir a partir de quinta-feira (2), o filme 'Querido Embaixador', que teve como produtor Joaquim Vaz de Carvalho, que faleceu no início do ano aos 74 anos no Rio de Janeiro, pouco tempo após finalizar o longa. Para o filho Rodolfo Vaz de Carvalho, 49 anos, que é natural da cidade carioca, mas mora em Campo Grande há 20 anos, o momento é de orgulho e saudade.

''É um momento de orgulho e saudade muito grande. Eu trabalhei nos primeiros filmes dele como assistente de produção, também fiz figuração. Todos os filmes que ele produzia, mostrava pra mim e para meus irmãos. Em outubro do ano passado ele esteve na minha casa e trouxe uma versão quase pronta do filme", contou.

Segundo Rodolfo, 'Querido Embaixador' é o nono longa-metragem produzido pelo pai, que tem no currículo sucessos como 'Mauá - O Imperador e o Rei', que foi o filme que estreou um cinema de um shopping de Campo Grande e Zuzu Angel, estrelado por Patrícia Pillar em 2006.

Ainda no mês de agosto, Rodolfo e os irmãos participarão de uma sessão solene na Associação Comercial do Rio de Janeiro em memória do pai. 

Sinopse de Querido Embaixador

Luiz Martins de Souza Dantas (Norival Rizzo) era o embaixador do Brasil na Itália até 1922, quando é transferido para Paris. Cercado de belas moças, o homem vivia num cotidiano de luxo em reuniões que incluíam pessoas da política e da cultura do país. Nesse contexto, começa a Segunda Guerra Mundial e o embaixador passa a viver numa realidade intensa com tomada de decisões que realmente podem colocar a vida de brasileiros em risco.