TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

População aplaude ativação de radar e dispara: ‘motorista só aprende quando dói no bolso’

Motoristas e pedestres acreditam que a ativação do radar diminui o número de acidentes na região

21 dezembro 2018 - 19h00Por Dany Nascimento

Os motoristas e pedestres que trafegam pela Avenida Manoel da Costa Lima, no bairro Piratininga, receberam de ‘braços abertos’ a ativação do radar, que passa a funcionar através de campanha educativa na Capital. Uma faixa foi estendida na via para avisar os motoristas sobre o radar que, por enquanto, só está alertando os condutores quanto ao limite de velocidade.

O calheiro Max de Oliveira, 34 anos, afirma que a ativação do radar deixa os motoristas em alerta e exige educação no trânsito. “Eu acho muito bom ter radar aqui, as pessoas não respeitam o limite de velocidade, não adianta, temos realmente que ter radares funcionando porque só assim que o trânsito flui”.

Ele acredita que a ativação do radar evita acidentes no local. “Aqui já teve muito atropelamento, batidas porque as pessoas não respeitam a velocidade. Agora com o radar, vai ficar muito melhor. Temos que ter consciência no trânsito”.

Assim como Max, o aposentado Amador Gonçalves, 72 anos, destaca que só quando ‘dói’ no bolso é que o condutor respeita as leis de trânsito. “Tem que ter radar funcionando porque vira bagunça. Aqui mesmo muita gente passa em alta velocidade e acontece acidente. Fica mais seguro para o motorista e para o pedestre também”.

De acordo com a Agetran (Agência Municipal de Trânsito), a campanha serve de alerta para os motoristas, que permanece até o dia 3 de janeiro.

As faixas comunicam os condutores sobre o novo ponto de monitoramento e o prazo final das campanhas.  Aqueles que ultrapassarem o limite de velocidade permitida durante a campanha devem receber um informativo em um papel de cor amarela, que não gera multa.

Após o dia 3 de janeiro, aqueles que desrespeitarem a velocidade nos radares serão multados.