TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 28 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Buraqueira toma conta de Campo Grande e Marquinhos diz que não vai tomar 'medidas emergenciais'

Marquinhos afirmou que não pretende tomar medidas emergenciais para solucionar o problema

21 março 2017 - 19h00Por Dany Nascimento

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) afirmou que não pretende tomar medidas emergenciais em relação ao serviço de tapa-buraco que está sendo realizado na Capital, já que 19 equipes se dividem pelas ruas de Campo Grande e mesmo assim, a cidade continua 'recheada de buracos'. 

Trad afirmou que se tomasse a decisão de pontuar pontos mais críticos, contrariando o cronograma dos técnicos que estão nas ruas, seria apontado como prefeito que estaria "jogando dinheiro fora", já que tudo foi planejado e está sendo executado.

"Se eu fizer medida emergencial, vão falar que eu estou jogando dinheiro fora, temos medidas de urgência sendo executadas por toda a cidade, seguimos um roteiro e temos que contar com o trabalho das 19 equipes que estão pela rua", diz o prefeito.

Marquinhos destaca que o trabalho executado por ser conferido pela população. "As pessoas trafegam pela cidade e se deparam com o serviço. Se for agora na Avenida Júlio de Castilho é possível encontrar equipe trabalhando, na Avenida Marquês de Pombal, nossa equipe está na rua para tentar resolver esse problema, que existe há muito tempo na cidade", diz o prefeito.

O lançamento da parceria com o Exército para executar o serviço nas ruas da Capital foi anunciado em fevereiro, onde foi  apresentada a equipe e estrutura logística para a execução das obras dos corredores “Sudoeste”.