tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Prestes a ser despejada, Mariana implora por comida para os dois filhos no Noroeste

Jovem é mãe solteira e não consegue ajuda de parentes, pois estão envolvidos com drogas

01 dezembro 2021 - 07h00Por Vinicius Costa

Mãe de duas crianças e moradora do Jardim Noroeste, em Campo Grande, Mariana Ferreira, de 25 anos, implora por ajuda para dar o que comer aos seus filhos, a Alícia de 7 anos e o Yan, de 5 anos.

A jovem é mãe solteira, pois o pai das crianças desapareceu e nem sequer procurou ajudá-la com alguma renda. Os parentes também não parecem ser uma solução, uma vez que estão envolvidos no mundo das drogas.

Assim, Mariana tenta retornar para uma vida saudável e justa após ter sido extremamente prejudicada pela pandemia do novo coronavírus.

Antes da chegada da doença na cidade, ela trabalhava com diárias e conseguia ter uma renda mensal, suficiente para manter a alimentação e o aluguel em dia, mas não demorou muito para tudo isso ir água abaixo.

A principal emergência é ter alimentos para dar para seus filhos, por isso o pedido envolve pacotes de arroz, feijão, frutas e verduras - já que Yan possui anemia profunda, então precisa desse tipo de alimentação para não agravar.

Com dificuldades, Mariana afirma que pensou por vezes em desistir. "Passa tanta coisa errada na cabeça, mas a gente tem crianças".

Além da alimentação, ela pede pacote de fraldas por conta da bexiga solta do seu filho e, caso seja possível, roupas. Contudo, o pedido de um emprego também seria bem-vindo na vida da jovem, que quer recomeçar e levar uma vida digna.

"Para poder sobreviver e levar a vida os com filhos", declarou.

Para quem quiser ajudar a família, o número para contato é o (67) 99126-4360, tratar com Mariana.