TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Campo Grande

Técnico de informática morto no União vivia nas drogas e respondia por processos

Ele respondia por um processo de injúria racial contra um vizinho e já tinha outras queixas

23 novembro 2021 - 17h25Por Vinicius Costa

Marcelo de Andrea Nahabedian, de 47 anos, morto na manhã desta terça-feira (23) no bairro União, em Campo Grande, era técnico de informática, vivia no mundo das drogas e respondia por alguns processos.

Segundo apurado pela reportagem, a vítima que sofria de surtos já teve uma passagem por tentativa de homicídio no ano passado. Mas atualmente, ele respondia por um processo de injúria racial contra um vizinho.

Existe também processos movidos por conta de acidentes de trânsito e um processo que corria na Justiça de São Paulo.

Formado na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Marcelo era muito conhecido na região onde morava, mas muitos sabiam que ele era usuário de drogas e tinha esses surtos com frequência.

Na manhã de hoje, a vítima tentava atacar vizinhos com uma faca na Rua Paulo Hideo Katayama.

Marcelo invadiu a casa de um vizinho, com três facas. A Polícia Militar foi acionada e Marcelo começou a lançar as facas contra os policiais. 

Os militares revidaram com tiros. O primeiro tiro acertou a perna do suspeito. 

Mesmo baleado, ele tentou agredir os policiais e foi baleado novamente, com um tiro na barriga.

De acordo com a assessoria da Polícia Militar, o técnico de informática foi socorrido e encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon, mas não resistiu.