Menu
quarta, 28 de fevereiro de 2024 Campo Grande/MS
GOVERNO FEVEREIRO IPVA
Incêndio no Camelódromo

Ainda tentando reerguer da covid, trabalhadores calculam perdas em incêndio no Camelódromo (vídeo)

Um dia após o incêndio que atingiu ao menos 10 boxes de roupa, brinquedo e assistência técnica, trabalhadores contabilizam estragos

12 fevereiro 2024 - 09h02Por Dayane Medina e Méri Oliveira

Um dia após incêndio no Camelódromo, trabalhadores voltam na manhã desta segunda-feira (12), para contabilizar o prejuízo deixado pelo fogo, no Centro de Campo Grande. 

Os funcionários foram informados que o prédio deve permanecer fechado até a próxima quarta-feira (14).

Gigante com 473 boxes, as chamas atingiram uma parte pequena, destruindo um box de brinquedos, 3 de roupas e 2 de assistência técnica. Outros 4 boxes foram atingidos indiretamente sem deixar nenhuma vítima.

Desolada, uma comerciante foi ao local contabilizar os estragos nesta manhã. Entristecida com a perda, ela enfatiza que as vendas são o ganha-pão e todos os trabalhadores estavam se reerguendo.

"É bem triste porque aqui são pessoas pequenas ainda, pessoas que estão lutando o dia a dia. Tivemos perda na Covid, agora estávamos tentando reerguer e agora acontece isso", lamenta.

Para ela, cada dia fechado é perda financeira, já que os boxes abriam de segunda a sábado.

"Esses dias fechados por conta do incêndio, como a gente fica? Tem prejuízo fechado", desabafa.

Imagens encaminhadas ao TopMídiaNews, mostravam o incêndio de um canto ao outro no estabelecimento. 

Várias explosões eram escutadas, nas lojas situadas do lado da rua Noroeste.

A Polícia Militar passava pelo local na hora, quando viram a fumaça e acionaram os Bombeiros.  

Dois seguranças que estavam no local tentaram abrir o Camelódromo com a ajuda de um bombeiro civil até a chegada dos bombeiros. A suspeita é que o fogo tenha começado por algum curto ou aparelho de celular na tomada.

O local passou por perícia para confirmar a causa do incêndio.

Há cerca de 10 anos houve outro incêndio, também de grandes proporções, e uma das medidas tomadas, de lá para cá, foi sempre desligar a energia elétrica ao fechar, deixando somente energia para as câmeras de segurança.

Assim que souberam do incêndio, funcionários foram para o local e ficaram desesperados, chorando do lado de fora.

 

Comerciantes do camelódromo aguardam perícia para poder mensurar prejuízo

Posted by TopMídia News on Monday, February 12, 2024