ALMS - RAMAL
Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
ALMS
Cidade Morena

Baleado pelo próprio pai em bairro nobre de Campo Grande, empresário 'foge' da Santa Casa

Há suspeitas de que o projétil ainda esteja no corpo da vítima

23 junho 2019 - 14h46Por Thiago de Souza

Apesar de ter sido baleado no tórax pelo próprio pai, na tarde deste sábado (22), o empresário Endreo Lincoln Ferreira da Cunha, 28 anos, se recusou a permanecer na Santa Casa de Campo Grande. Ele se evadiu por volta das 10h deste domingo (23). 

Conforme o hospital, o paciente foi avaliado por duas médicas e estava tomando medicamentos. Ele foi transferido para a Ala Verde da unidade, para ficar em observação e depois ser reavaliado. No entanto, ele se recusou a prosseguir com o tratamento e, mesmo orientado pela equipe médica de que não poderia sair, deixou a unidade médica. 

Neste caso, ele não recebeu alta e portanto o hospital não se responsabiliza por piora no quadro de saúde. Há ainda uma suspeita de que ele esteja com o projétil dentro do corpo. Ele não passou por nenhuma cirurgia e não foi constatada nenhuma fratura. 

Na hora do socorro, promovido pelo Corpo de Bombeiros, a vítima estava consciente e orientada e informou à Polícia Militar o que tinha ocorrido dentro de uma empresa e residência que fica na rua das Garças, no Jardim dos Estados. 

O crime

Conforme informações do boletim de ocorrência, registrado na Depac Centro, vítima e o pai, Eder Lincoln Gonçalves da Cunha, que também é empresário, tinham relacionamento conturbado. Na tarde deste sábado, o empresário disse à Polícia Militar que era dono da residência, mas que era impedido de entrar no local pelo pai, de 54 anos. Ele então subiu no muro do prédio, atravessou uma marquise e conseguiu entrar no imóvel. 

Ainda de acordo com o registro policial, a Endreo entrou pelo corredor lateral, momento em que o pai abriu a porta da cozinha, que dá acesso ao corredor e armado com um revólver calibre 38 atirou no filho. Eder trancou a porta, pegou uma caminhonete Hilux e fugiu. 

Uma testemunha, que trabalha na recepção da empresa, confirmou a versão da vítima e disse que antes da confusão, o atirador havia pedido a ela que chamasse a polícia. Ela destacou, no entanto, que não percebeu que o pai tinha fugido. 

A Polícia Civil foi acionada e no local encontrou muitas marcas de sangue, uma camiseta com uma marca de tiro, a carteira e o celular do suspeito. 

 

Leia Também

Na dureza da pandemia, roçador vai a qualquer lugar de Campo Grande e diz: 'quero trabalhar'
Cidade Morena
Na dureza da pandemia, roçador vai a qualquer lugar de Campo Grande e diz: 'quero trabalhar'
'Bonzão da Mercedes' é preso após atirar em Guarda Civil e dirigir bêbado
Polícia
'Bonzão da Mercedes' é preso após atirar em Guarda Civil e dirigir bêbado
Morador de MS tomba caminhão com cavalos e morre no norte de MT
Interior
Morador de MS tomba caminhão com cavalos e morre no norte de MT
Homem achado caído ao lado de moto em estrada vicinal morre em hospital de Dourados
Interior
Homem achado caído ao lado de moto em estrada vicinal morre em hospital de Dourados