Menu
segunda, 14 de junho de 2021
Cidade Morena

Vídeo: bares e restaurantes vão perder mercadorias com lockdown, diz Abrasel

Juliano reclama da falta de comunicação do poder público, que vai endurecer as regras às vésperas do Dia dos Namorados

10 junho 2021 - 11h20Por Dany Nascimento

O presidente da Abrasel, Juliano Wertheimer, afirma que donos de bares e restaurantes de Campo Grande foram pegos de surpresa com a nova determinação do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia), que obriga os comércios a baixarem as portas às 20 horas. 

Campo Grande passou da bandeira vermelha para a cinza na pandemia do novo coronavírus. Segundo Juliano, os comerciantes solicitam, desde o início da pandemia, comunicação antecipada com o poder público. 

Ele destaca que muitos estabelecimentos vão perder o estoque adquirido na última segunda-feira (7), quando o poder público sinalizava bandeira vermelha, deixando claro que o Dia dos Namorados continuaria com Toque de Recolher até às 21 horas. 

“Pior que restrição é a não informação. Única coisa que setor pede, desde início da pandemia, para poder público tanto municipal como estadual, é informação. Todos os comerciantes fizeram estoque, confirmando reservas para atender o Dia dos Namorados e agora tem essa notícia de 20 horas de fechamento. Vamos ter grandes perdas de produtos, quem trabalha com produtos frescos, carnes, peixe, casas de massa que compraram queijo, que está caríssimo, dobrou de preço, vão ficar com estoque parado, pouco capital de giro, que colocou nessa mercadoria”, diz o presidente. 

“Agora bares restaurantes amargam um lockdown noturno, apesar de ninguém usar esse nome. Veremos esse final e semana, muitas casas de bairros e centro fechadas”, finaliza o presidente.