Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
ALMS
Cidade Morena

Coletivo discute com sociedade implantação de novos projetos em Campo Grande

A ideia é ouvir diferentes setores e verificar possibilidades antes de projetar obras

07 setembro 2019 - 11h30Por Rayani Santa Cruz

O Reviva Campo Grande trouxe uma nova perspectiva urbanística para Campo Grande e junto com o projeto para a área central, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que emprestou recursos, determinou que o município ampliasse as discussões junto a sociedade.

Com isso, houve a implantação do Coletivo Lab Campo Grande que é formado por profissionais do setor e promove  encontros, onde estudantes, arquitetos, urbanistas e historiadores se reúnem para discutir projetos e melhores iniciativas atuando em rede para um  entendimento dos potenciais do município.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) visitou os participantes  e salientou a importância de ouvir as necessidades da população e ter um corpo técnico para fazer análises antes de projetar algo no município. 

Ele exemplificou a situação do projeto de recapeamento da avenida Bandeirantes, que ao ser feito na gestão passada, não ouviu a vontade dos comerciantes e após a aprovação enfrenta a negação dos empresários.  “Elaboraram sem ouvir os comerciantes, quando foi aprovado em Brasília, os comerciantes falaram que a obra iria quebra-los. Agora, não dá mais para mudar”, explicou.

O gestor ainda citou outro péssimo exemplo também da gestão do ex-prefeito Alcides Bernal, que retirou moradores da favela Cidade de Deus, realocando alguns em 42 moradias do bairro Vespasiano Martins. O problema é que as casas foram feitas em cima do lençol freático e agora terão de ser demolidas e os moradores transferidos. 

(Membro do Coletivo Leonardo Márquez- Foto: André de Abreu)

O Coletivo de Porto Alegre deve  permanecer 32 dias na Cidade Morena, devido a implantação do Reviva Campo Grande e determinação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

“A gente veio com uma equipe fixa de sete pessoas, onde vamos discutir questões de urbanismo colaborativo, somando com agentes locais. A grande proposta é provocar os diferentes setores da cidade para fomentar e construir diretrizes de projetos”, explicou Leonardo Brawl Márquez, membro do Coletivo.

Leia Também

1.165 CELULARES: comboio com produtos avaliados em R$ 3 milhões cai nas mãos do DOF
Interior
1.165 CELULARES: comboio com produtos avaliados em R$ 3 milhões cai nas mãos do DOF
MORTES NÃO PARAM: Brasil perde 1.252 pessoas para a covid em 24 horas
Geral
MORTES NÃO PARAM: Brasil perde 1.252 pessoas para a covid em 24 horas
Após sumiço de Carla, jovem garante que foi perseguida por 'dupla do carro cinza'
Cidade Morena
Após sumiço de Carla, jovem garante que foi perseguida por 'dupla do carro cinza'
Mulher é espancada por três homens e tem blusa rasgada no Vida Nova
Polícia
Mulher é espancada por três homens e tem blusa rasgada no Vida Nova