(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Esquina vira ‘lixão’ do comércio durante obras no Centro de Campo Grande

Pilha de descarte vai de papelada a comida e, além do cheiro forte, limita espaço de pedestres

16 JUN 2019
Amanda Amaral
07h00min
Pilha de lixo fica recostada sob grade de passarela Foto: Reprodução/Repórter Top

No cruzamento entre as ruas 14 de Julho e Dom Aquino, em plena obra de revitalização, o ir-e-vir tem sido complicado além das estreitas passarelas e ‘poeirão’ das obras. Quem circula pelo Centro de Campo Grande reclama ter que dividir o espaço com sacos, caixas e material orgânico descartados pelos comerciantes.

A gerente de loja Ellen Cristina Corrêa, 29 anos, diz que até as lojas maiores têm deixado seus acúmulos na ‘montanha’ de lixo. Com a passagem pouco convidativa, o fluxo de clientes também é impactado.

“Em vários dias da semana está assim, deixa quase que a passagem toda interditada. O cheiro também é bem desagradável, porque tem comida também”, conta. 

(Foto: Repórter Top)

A prefeitura de Campo Grande informou à reportagem que são disponibilizados, nos cruzamentos, contêineres da Solurb, empresa responsável pela coleta de resíduos sólidos. Os lojistas devem depositar seus resíduos nesses dispositivos, contudo, não foi confirmado se no local há contâiner, que não aparece nas imagens. 

A empresa faz a coleta seguindo a frequência para a região, que é diária, e a previsão de liberação da via é de 20 dias, acresentou a assessoria de imprensa. 

A Solurb também foi consultada para dar posição sobre o assunto, mas não encaminhou resposta até a publicação da matéria. 

Obras

Com previsão de entrega em novembro deste ano, de acordo com a Engepar, empresa executora das obras, a requalificação da Rua 14 de Julho está 70% concluída, com esgotamento sanitário e drenagem já finalizados.

O sistema de abastecimento de água está com 80% da execução concluída; a pavimentação das pistas de rolamento com 70%; a das calçadas com 65%, o mobiliário urbano com 30%; sinalização viária com 10%; rede elétrica com 80%; telecomunicações com 90%; rede de iluminação pública com 70% e infraestrutura para Agetran, segurança e TI está com 65% concluídos.

Todas as quadras da Rua 14 de Julho, em uma extensão de 1.400 metros, da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Avenida Mato Grosso, estão recebendo algum tipo de serviço. A conclusão dos espaços se dará com a retirada dos postes e a implantação do paisagismo, previstos para depois do mês de agosto.

Repórter Top

Você também pode enviar flagrantes, acidentes, denúncias, fotos, informações que podem virar notícia no nosso site, mandando via WhatsApp pelo número (67) 99826-0686.

Veja também