Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Cidade Morena

Asfalto chegou faz pouco tempo, mas já começa a 'desaparecer' em aldeia urbana da Capital

"Somos cobaias dos políticos para saber se a tal ‘experiência’ funcionava", destaca moradora

02 março 2019 - 15h15Por Anna Gomes

A aldeia indígena Marçal de Souza, em Campo Grande, reclama do asfalto, que mesmo sendo feito há pouco tempo já está completamente danificado.

Segundo os moradores, o asfalto feito há cerca de cinco anos teria sido experimental e a comunidade não aprovou muito a ideia alegando que as ruas já ficaram cheias de buracos pouco tempo após as obras.

“O que recebemos aqui foi um asfalto experimental. Na época a gente foi cobaia dos políticos para saber se a tal ‘experiência’ iria dar certo, mas não deu porque logo depois os buracos começaram a aparecer. O problema é que fizeram a experiência com a gente e depois desapareceram”, lamento um morador.

Outra indígena de 44 anos destaca que reside na aldeia urbana há mais de uma década e que demoraram muito para começarem as obras do asfalto. Segundo ele, pelo tempo de demora, poderiam ter feito algo de mais qualidade para a comunidade.

“Parece uma brincadeira. Quando fizeram o asfalto chamaram todo mundo, pois aquilo era uma novidade, mas depois que os buracos começaram a aparecer, todo mundo desapareceu”, disse.

A equipe de  reportagem do TopMídiaNews entrou em contato com a Prefeitura de Campo Grande para saber se o município teria alguma previsão de asfaltar a aldeia e foi informada que não há nenhum projeto de pavimentação, mas a manutenção das vias está na programação de serviços da Sisep (Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos). 

Leia Também

Pitbull albina escapa no Parque do Sol e dona faz apelo para encontrá-la
Cidade Morena
Pitbull albina escapa no Parque do Sol e dona faz apelo para encontrá-la
Futebol com 'cabeça' de Bolsonaro choca deputados de MS: 'ato criminoso'
Política
Futebol com 'cabeça' de Bolsonaro choca deputados de MS: 'ato criminoso'
Prefeitura prorroga proibição do corte de água por mais 30 dias em Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura prorroga proibição do corte de água por mais 30 dias em Campo Grande
Marcelo Álvaro Antônio é 9º ministro infectado pela covid-19
Geral
Marcelo Álvaro Antônio é 9º ministro infectado pela covid-19