Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
ALMS 23/03 A 21/04
Cidade Morena

LIVRAMENTO: escorpião pica pai, mas 'esquece' bebê de 2 anos

Ele estava deitado com a filha de 2 anos quando foi picado, e passa bem

26 janeiro 2020 - 13h10Por Nathalia Pelzl

O casal Jéssica Costa Ramos e Felipe de Melo Lisboa, 20 e 28 anos, respectivamente, aponta que na madrugada deste domingo (26) Deus deu um livramento para eles e para a filha Ágata Heloísa, de apenas dois anos.

Isso porque, segundo eles, que são moradores da Rua Beirute, no Bairro Santo Amaro, em Campo Grande, Felipe foi picado por um escorpião enquanto estava dormindo com a pequena em um colchão.

“Nós estávamos em casa, foi 3h30 da madrugada, ele estava no colchão com a nossa filha de 2 anos. Ela estava deitada no braço esquerdo dele, o escorpião estava dentro da camisa e picou ele no braço direito”, diz Jéssica.

“Eu senti ardendo e achei que era formiga. Graças a Deus que não picou ela que estava do lado, fui na cozinha pra passar álcool em gel, aí voltando fui ver que era escorpião”, lembra Felipe.

Rapidamente, ainda segundo eles, Felipe foi até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Vila Almeida.

“Fui atendido, me deram anestesia, tomei injeção e agora estou em casa tomando os remédios”.

A dona de casa Jéssica fala que na casa também tem outra filha do casal de apenas 9 meses. Segundo ela, não é a primeira vez que aparece o animal na casa.

“Foi um livramento, poderia ter picado ela, é já é o quinto escorpião que aparece aqui. Pedimos para que o CCZ faça uma dedetização aqui”, finaliza.

Conforme a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), os escorpiões são animais peçonhentos que injetam veneno por um ferrão na ponta da cauda. Esses animais podem ser encontrados em ambientes em terrenos abandonados com entulhos, em materiais de construção, embaixo de pedras, matos, lixo, lenha, tijolos, telhas, etc.

Nas residências são comuns em saídas de esgoto, ralos e caixa de gordura. Ainda conforme a Sesau, esses animais procuram locais escuros e se alimentam principalmente de baratas.

Confira alguns cuidados de como evitar a aparição deste animal:

Dedetização dos espaços, cuidado com ralos de banheiro, sempre vistoriar roupas, calçados, toalhas de banho e de rosto, roupas de cama, pano de chão e tapetes, antes de usá-los, bater os forros de cama e não deixar arrastando no chão, colocar uma barreira de proteção na parte inferior das portas, manter a residência sempre livre de insetos e roedores e as lixeiras sempre tampadas e com sacos plásticos, cortar gramas e evitar acúmulos de lixo no quintal.

Caso encontre um animal em sua residência acione os órgãos responsáveis, (67) 3314-5000 CCZ ou (67) 3386-8655 Civitox. Em caso de picada, procure uma unidade de urgência e emergência (UPA e CRS) imediatamente.

Leia Também

Trabalhadores se isolam em fábrica para produzir 50 mil máscaras por dia durante pandemia
Geral
Trabalhadores se isolam em fábrica para produzir 50 mil máscaras por dia durante pandemia
Prefeitura de Dourados pretende manter estratégias após confirmações de coronavírus
Cidades
Prefeitura de Dourados pretende manter estratégias após confirmações de coronavírus
Corumbá completa uma semana com toque de recolher
CORONAVÍRUS
Corumbá completa uma semana com toque de recolher
Criança de 1 anos e 9 meses é picada por escorpião e está na área vermelha da Santa Casa
Cidade Morena
Criança de 1 anos e 9 meses é picada por escorpião e está na área vermelha da Santa Casa