Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
Cidade Morena

Ação uniu polícias e prendeu oito homens na rodoviária velha em Campo Grande

Operação Laburu abordou 147 pessoas e 16 veículo na região

24 janeiro 2020 - 17h51Por Thiago de Souza e Willian Leite

Ação da Polícia Militar e Polícia Civil ''varreu'' região da antiga rodoviária em Campo Grande, nesta sexta-feira (24) e terminou com oito homens presos. A Operação leva o nome de Laburu Fase II 2002 - 1 ª Edição e promete ser estendida a outros bairros da Capital.  

Os resultados da Laburu foram divulgados na tarde desta sexta-feira. Nesta fase, o trabalho envolveu homens do 1º Batalhão de Polícia Militar, agentes da Delegacia de Represssão ao Narcotráfico, a Denar, da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos, a Derf, Batalhão de Trânsito e Agetran.

O ponto de início foi a região da cracolândia, nas cercanias do antigo terminal rodoviário. Foram abordadas 147 pessoas abordadas e 16 veículos, entre carro e motos.

Durante a investida, a polícia cumpriu três mandados de prisão, sendo um por roubo e furto, dois por tráfico de drogas e dois por contrabando, na região do Camelódromo, com medicamentos abortivos e hormônios usados por praticantes de musculação. No total, foram oito homens presos.

Laburu abordou 147 pessoas nesta sexta-feira. (Foto: Nathalia Pelzl)

O delegado Hoffman D'Ávilla disse que a intenção é ''estreitar laços entre as forças policiais para combater o crime e promover segurança à população campo-grandense''.

Ainda de acordo com o delegado, o trabalho investigativo de prevenção é feito sempre que os policiais da delegacia estão ''desafogados''. Geralmente a batida é feita nos pontos de venda drogas no bairro Nhá Nhá.

O tenente-coronel Domingues disse que a intenção é manter o trabalho durante todo o ano e estender a ação para outros bairros da Capital.

A Laburu começou em 2019 restrita a antiga rodoviária. Depois abrangeu a vila Nha Nhá e pode ser estendida para outras regiões.