Menu
quarta, 04 de agosto de 2021
Cidade Morena

Prefeitura decreta ponto facultativo no dia 10 de outubro

Na segunda-feira (10), as linhas de ônibus municipais funcionam normalmente; já nos dias 11 e 12 a frota é reduzida

07 outubro 2016 - 08h38Por PMCG

A Prefeitura Municipal de Campo Grande decretou ponto facultativo para o dia 10 de outubro (segunda-feira), que antecede as datas comemorativas do feriado estadual de Criação do Estado de Mato Grosso do Sul (11.10) e do dia de Nossa Senhora Aparecida (12). O Decreto declarando ponto facultativo na segunda-feira foi publicado na edição de 29 de setembro no Diário Oficial da Prefeitura de Campo Grande (Diogrande).

Na terça-feira (11) é feriado estadual, criação do estado e na quarta-feira é feriado nacional da Padroeira do Brasil. Com isto, as secretarias, fundações e agências retornam às atividades na quinta-feira, dia 13.

Na Rede Municipal de Ensino (Reme), as escolas fecham no dia 7 e retomam as atividades no dia 17. Durante esse período, os estudantes farão aulas programadas, uma vez que levarão tarefas para serem feitas em casa.

Excetuam-se às regras do decreto os centros regionais 24h e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que funcionam normalmente no feriado prolongado. A Capital possui quatro CRS localizados nos bairros Coophavila II, Aero Rancho, Tiradentes, Nova Bahia e seis UPAs nos bairros Leblon, Coronel Antonino, Moreninha II, Universitário, Vila Almeida e Santa Mônica, bem como ao serviço de limpeza da região central da cidade e coleta de lixo domiciliar.

Na segunda-feira (10), as linhas de ônibus municipais funcionam normalmente. Já nos dias 11 e 12 a frota é reduzida e as linhas funcionam como nos domingos. 

Leia Também

Filho se mata após assassinar pais a facadas na madrugada
Polícia
Filho se mata após assassinar pais a facadas na madrugada
Carro com duas crianças tomba em acidente na Conde de Boa Vista, no Tijuca
Cidade Morena
Carro com duas crianças tomba em acidente na Conde de Boa Vista, no Tijuca
Manda Lula e Dilma pagarem: Cuba e Venezuela devem R$ 3,5 bilhões para o BNDES
Geral
Manda Lula e Dilma pagarem: Cuba e Venezuela devem R$ 3,5 bilhões para o BNDES
Kemp acusa Bolsonaro de incompetência, David compra briga e discussão pega fogo
Política
Kemp acusa Bolsonaro de incompetência, David compra briga e discussão pega fogo