Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Cidades

Abertas inscrições para concorrer às vagas de Formação de Professores

Educação

07 dezembro 2013 - 15h15Por Da Redação

Estão abertas as inscrições para os cursos de licenciatura, na modalidade presencial do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. Os cursos ofertados pelas instituições de ensino superior (IES) são inteiramente gratuitos.


Para 2014, serão oferecidas  37.816 mil vagas em diversos cursos de licenciatura pelas IES parceiras da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Para saber os dados da oferta de 2014 e fazer a pré-inscrição no curso desejado é necessário acessar a Plataforma Freire. A comprovação do exercício da docência é verificada no ato da pré-inscrição, assim, os professores, para realizarem suas pré-inscrições, devem estar cadastrados no Educacenso.

O curso  oferece turmas especiais em cursos de primeira licenciatura, para docentes em exercício na rede pública de educação básica que não tenham formação superior ou que, mesmo tendo esta formação, queiram realizar o curso na disciplina em que atua em sala de aula e para a qual não tem a formação; segunda licenciatura, para docentes em exercício há pelo menos três anos na rede pública de educação básica e que atuam em área distinta da sua formação inicial. O quadro abaixo informa os cursos que serão oferecidos pelas IES.

Leia Também

Acusada de matar 'Jhon Lenon' diz que ele chegou a arremessar pia nela durante agressões
Polícia
Acusada de matar 'Jhon Lenon' diz que ele chegou a arremessar pia nela durante agressões
Médico critica uso de máscara e oferece atestado para dispensá-lo
Geral
Médico critica uso de máscara e oferece atestado para dispensá-lo
Suspeito de bater na esposa, marroquino deixa Campo Grande: 'medo de morrer'
Cidade Morena
Suspeito de bater na esposa, marroquino deixa Campo Grande: 'medo de morrer'
VÍDEO: em Nova Andradina, Hashioka ganha apoio da ministra Tereza Cristina
Interior
VÍDEO: em Nova Andradina, Hashioka ganha apoio da ministra Tereza Cristina