IPVA GOV
(67) 99826-0686

Agraer auxilia na distribuição de calcário em três assentamentos

Ao todo, nesta primeira etapa, serão 192 toneladas disponibilizadas para o município

21 SET 2016
Agraer
12h01min
Foto: Agraer

Mais de 25 produtores dos assentamentos Nossa Senhora da Graça, Melodia e Avaré, no município de Ribas do Rio Pardo, em parceria com a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) e a prefeitura adquiriram calcário para correção da acidez do solo.

A Agraer ainda auxiliou os agricultores através da análise de solo. Mostras foram coletadas para avaliação das condições do PH das áreas de plantio ou pastagem.

No caso dos produtores assistidos pelo técnico da Agraer, Antônio Marcos Júnior, o trabalho de correção do solo deverá contribuir com a reforma da pastagem com plantio de capineira (Cana e Napier) e plantio de milho e sorgo para confecção de silagem que servirá de alimento para o gado no período da seca, inverno, do próximo ano. A intenção é não reduzir a produção de leite na época considerada de entressafra.

Calagem – De acordo com os técnicos da Agraer, os resultados das análises apontoaram que grande parte do solo da região tem elevado nível de acidez com presença de alumínio, substância considerada prejudicial para o desenvolvimento das plantas.

“A acidez e toxidez do solo afetam o crescimento das plantas de várias formas, diminui a eficiência do uso dos nutrientes e aumenta a suscetibilidade ao déficit hídrico. A calagem, geralmente, menosprezada por parte dos produtores, é muito importante, pois entre outras funções, corrige a acidez do solo e elimina elementos tóxicos como alumínio e manganês, além de fornecer cálcio e magnésio”, explicou o técnico Antônio Marcos .

Com a orientação da Agraer foram montados grupos para adquirir calcário. Ao todo, nesta primeira etapa, serão 192 toneladas disponibilizadas para  o município de Ribas do Rio Pardo.

No assentamento Nossa Senhora das Graças foram disponibilizadas 48 toneladas, duas cargas de 24 toneladas cada. No PA Melodia foram 72 toneladas, sendo três cargas de 24 toneladas de calcário.

O calcário é o primeiro passo para a correção de solo. O produto deve ser jogado 60 a 90 dias antes do plantio. Para essa ação a Agraer viabilizou o transporte e o motorista, enquanto a prefeitura forneceu o combustível. Uma patrulha mecanizada também foi deixada à disposição dos produtores para fazer a distribuição e incorporação do calcário.

A correção e recuperação de pastagem devem ser feita em uma área de cerca de 50 hectares, atendendo 10 produtores no assentamento Nossa Senhora das Graças e 15 produtores no Melodia. Na comunidade Avaré, a calagem vai beneficiar 20 produtores de urucum e batata-doce que iniciarão o plantio no início das águas.

Veja também