(67) 99826-0686
Camara Maio

Após polêmica em SP jovens organizam 'Rolezinho' em Campo Grande

Rolezinho

14 JAN 2014
Lucas Arruda
13h40min
Foto: Reprodução/Facebook

Os "Rolezinhos" têm causado polêmica em São Paulo, ainda mais depois que um juiz concedeu uma liminar autorizando uma multa de R$ 10 mil para jovens da periferia da cidade que comparecerem em conjunto a shopping centers.

Em solidariedade aos paulistas, jovens campo-grandenses se mobilizam pela internet para organizar um "Rolezinho" no shopping Campo Grande, no dia 26 de janeiro, às 16h20.

No evento criado no Facebook, os jovens de Campo Grande afirmam que o acontecimento em São Paulo é um "Apartheid brasileiro", que defende somente o lado dos lojistas e criminaliza as pessoas da periferia e negros que organizam os "rolezinhos".

Algumas pessoas até comentaram na rede social que o evento é desnecessário, já que o ocorrido foi um fato isolado na Capital paulista e não é algo de cunho social para que pessoas se mobilizem em outros lugares do país.

Na madrugada de hoje, o ex-secretário nacional de justiça, Pedro Abramovay, publicou um artigo na Folha de São Paulo em que diz que ao conceder liminar para que estabelecimentos comerciais escolhessem quem pode ou não entrar em suas dependências, a justiça oficializou uma política de segregação e só escutou uma lado da história.

Até o fechamento da matéria, 186 pessoas haviam confirmado presença no evento do Facebook.

Veja também