(67) 99826-0686

Aprovados em concurso da Guarda protestam na Cidade do Natal e acampam na Prefeitura

Prazo

13 DEZ 2013
Carlos Guessy
10h36min
Foto: Geovanni Gomes

A Cidade do Natal foi oficialmente aberta ao público na noite de ontem (12), mas quem chamou atenção foram os aprovados no concurso da guarda municipal que fizeram um protesto bem no meio da via no canteiro central da Afonso Pena, com faixas e até um caixão representando o enterro do prefeito Alcides Bernal pelo fato do prazo final para a contratação estar chegando, que é amanhã, sábado (14).

Os 77 aprovados em concurso feito em 2009 não foram nomeados até agora pela prefeitura de Campo Grande. Os aprovados continuam sem saber se serão nomeados. A prefeitura alega falta de dinheiro.

Da rua eles gritavam “quero trabalhar”, com nariz de palhaço criticando o descaso da prefeitura. Na saída da Cidade do Natal, os secretários de Governo, Pedro Chaves, o secretário de Saúde, Ivandro Fonseca e de Educação, José Chadid, inclusive a primeira dama da capital, Miriam Gonçalves Bernal, viram o protesto e tentaram sair por outro lado, mas como era inevitável, a polícia militar estava a espreita, bem próximo ao protesto e não foi preciso usar forças, pois foi tudo bem pacífico.

De lá, cerca de 30 manifestantes voltaram para a entrada da Prefeitura Municipal, onde estam acampados desde o começo da tarde de ontem (12). “Estamos sofrendo um descaso tão grande, que não sei se choro, para quem apelo mais. Sou pai de família, tenho filhos e precisamos ser ouvidos e o prefeito tem que nos nomear”, disse Osael Pedrozo, 30 anos.

De acordo com os aprovados, a medida extrema vem após inúmeras tentativas de conversa com o prefeito Bernal (PP). Na última sexta-feira (6), os remanescentes estiveram na prefeitura e ameaçaram acampara no local. A permanência na prefeitura foi dissuada por Bernal que prometeu receber uma comissão de remanescentes na segunda-feira (9). Porém, o prefeito não deu as caras no encontro e nem deu explicações.

“Queremos ouvir um sim ou não. Eles ficam nesse jogo de empurra, é vereador que pede pra gente parar o protesto falam que vão nos receber, manda vir na prefeitura, se reúne na câmara e nada. Essa nomeação vence amanhã, sábado (14), por isso vamos acampar aqui essa noite”, enfatizou Adriano Oliveira, 39 anos.

Nesta semana, os aprovados no concurso se reuniram com o vereador Cazuza, com o secretário municipal de Administração, Ricardo Ballock que prometeram uma resposta na quarta-feira (11), e mais uma vez, os remanescentes não tiveram retorno oficial sobre a questão.

A comissão dos aprovados no concurso também se reuniu com promotores do Ministério Público Estadual e com os vereadores Coringa e Octácio Trad, em busca de uma resolução definitiva para questão.

Veja também