Menu
terça, 27 de julho de 2021
SEGOV - MICROCREDITO 27 A 29/07
Cidades

Bernal volta atrás e não garante congelamento da tarifa do transporte público

Prefeito afirma que trabalhadores do setor ameaçam greve caso reajuste não saia

25 novembro 2016 - 14h03Por Rodson Willyams

O prefeito Alcides Bernal, do PP, não garantiu mais que a tarifa do transporte público será congelada, mas afirmou que é contra o aumento da tarifa. "Eu nuca disse que vou congelar, disse que nós estamos trabalhando para não aumentar o preço da tarifa e isso precisa ficar bem claro".

No entanto, Bernal expôs uma nova preocupação, relatando que o sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo ameaça greve caso não haja aumento no valor da tarifa, uma vez que o reajuste dos salários dos trabalhares é atrelado ao valor da tarifa.

Bernal afirmou que o sindicato o procurou e. desde então, tem feito algumas tratativas para evitar possível aumento. "Já fizemos duas reuniões no meu gabinete. Acontece que eles decidiram em convenção que o reajuste dos salários deles está diretamente ligado a correção da tarifa do transporte coletivo. É uma medida muito preocupante e esse serviço precisa melhorar para que possa atrair mais passageiros", afirmou.

No entanto, Bernal também comentou que pode trazer recursos para o setor na próxima semana. "Estive em Brasília (DF) tratando deste assunto e uma coisa a gente sabe, é necessário melhorar o transporte público. Mas para que isso aconteça, fui ao Ministério das Cidades e Campo Grande pode ser a primeira cidade a ser beneficiada pelo Pró-transporte, da Caixa Econômica Federal, que prevê a aquisição de 79 novos ônibus com um investimento de R$ 21 milhões, podendo, inclusive, chegar a R$ 63 milhões".

Além disso, o prefeito ressaltou que há possibilidade de fazer melhoras também nos terminais e nas vias, mas tudo isso, ainda depende de recursos financeiros. Mas apesar disso, afirmou que na próximo segunda ou terça-feira, deve ter uma resposta do Ministério das Cidades sobre o investimento no setor e que aliviaria as empresas, e sobre uma decisão, referente a correção da tarifa do vale transporte. "Vou aguardar o Ministério das Cidades, se ele der o sinal verde, já defino".

Câmara

Alcides Bernal ainda afirmou que já encaminhou para a Câmara Municipal, o projeto que prevê a redução do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza). "Já mandei o projeto e espero que Governo do Estado faça a mesma coisa com o Diesel", finalizou. 

Leia Também

Receita Federal leiloa vibrador e masturbador com lance mínimo de R$ 260
Geral
Receita Federal leiloa vibrador e masturbador com lance mínimo de R$ 260
Senador posta meme de Bolsonaro andando de skate ao lado da 'Fadinha Rayssa'
Geral
Senador posta meme de Bolsonaro andando de skate ao lado da 'Fadinha Rayssa'
Bolsonaro diz que o vice-presidente Mourão é igual cunhado: 'tem que aturar'
Geral
Bolsonaro diz que o vice-presidente Mourão é igual cunhado: 'tem que aturar'
Greve de caminhoneiros contra Bolsonaro fracassa e 'vira piada' na maior parte do País
Geral
Greve de caminhoneiros contra Bolsonaro fracassa e 'vira piada' na maior parte do País