Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Cidades

Bonito registra crescimento de 6% no fluxo de turistas, desempenho acima da média mundial

Os participantes da pesquisa destacaram a qualidade dos destinos do ecoturismo de Mato Grosso do Sul

08 abril 2019 - 07h45Por Da redação/Assessoria

O primeiro trimestre deste ano foi positivo para o turismo de Bonito, de acordo com o último relatório do Observatório de Turismo e Eventos de Bonito (OTEB). O número de turistas que frequentaram os atrativos da cidade cresceu 6% comparado com o mesmo período de 2018 –saltou de 56.790 para 60.148 visitantes. Esse percentual está acima da média anual de crescimento dos principais destinos do mundo, que gira entre 3% a 4%.

Para o presidente do Conselho Estadual de Turismo de Mato Grosso do Sul e da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH/MS), Marcelo Mesquita, Bonito já é um dos principais destinos para quem busca o ecoturismo, despertando inclusive o interesse das operadoras internacionais. Ele comenta que durante o 1º Adventure NEXT Latin America, realizada em novembro do ano passado no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, os participantes destacaram a qualidade dos destinos do ecoturismo de Mato Grosso do Sul, entre eles Bonito, e a infraestrutura.

Marcelo Mesquita enfatiza que os investimentos em infraestrutura e na oferta de opções para o público do ecoturismo só é possível num cenário em que o setor está se fortalecendo, com a atração cada vez maior de turistas. O Adventure NEXT reuniu mais de 400 profissionais da área, entre empresários e jornalistas. “Hoje temos atividades diurno e noturno”, comenta.

Comparando os dados de março de 2018 com o mesmo período deste ano, o aumento foi de 12% - de 16.250 para 18.353 turistas. A taxa de ocupação dos hotéis de Bonito foi de 45% em março do ano passado e 51% neste ano. Segundo o levantamento do OTEB, o local mais procurado pelos turistas são os balneários de águas transparentes (16.006 visitantes no mês passado), seguido de flutuações, com 13.961 e o passeio nas grutas (12.850 pessoas), principalmente a Gruta do Lago Azul.

Janaína Mainchein, coordenadora do OTEB, disse que Bonito tem sido um dos principais destinos para aqueles que procuram o descanso no período de férias e feriados prolongados. Segundo ela, isso ficou evidenciado nesse relatório, e os números mostram que muitos turistas de São Paulo e Rio de Janeiro preferiram a tranquilidade e o contato com a natureza ao ritmo da folia do carnaval.

“Isso demonstra que as empresas e o poder público estão certos em estimular a visitação. Muitos cariocas e paulistas preferiram o descanso do que a folia, e isso traz benefícios para as empresas, para o turismo e também para a cidade”, afirma Janaína. Segundo ela, a presença dos turistas anima os próprios moradores de Bonito a frequentarem os bares e lanchonetes. “Vendo a cidade movimentada, os moradores também saem para passear, ir aos restaurantes e lanchonetes”.

A coordenadora do OTEB comenta que 60% da população de Bonito vive de alguma forma do turismo. “O turismo estimula outros setores, até os salões de beleza”, explica. Janaína Mainchein destaca que as ações do poder público também acabam repercutindo positivamente para o aquecimento da economia. Cita como exemplo a implantação, pelo Governo do Estado, da pavimentação asfáltica da entrada da cidade e a ciclovia.

A construção da ciclovia acendeu o tino empreendedor de alguns moradores, que passaram a trabalhar com a locação de bikes e a oferecer passeios aos atrativos turísticos usando como meio de locomoção as bicicletas. De acordo com o boletim do OTEB do primeiro trimestre de 2019, a maior parte dos visitantes veio de São Paulo (36,27%), Rio de Janeiro (12,66%), Paraná (9,85%) e Rio Grande do Sul (8%). Mas a cidade também recebeu visitantes de várias partes do mundo, como Paraguai, Bolívia, Argentina, Estados Unidos, Holanda, França, Alemanha, Japão, Israel, Itália, Espanha, Inglaterra, China, Rússia, África do Sul, entre outros.

Com tantas opções de lazer em meio a natureza, Bonito se consolidou também como um dos principais polos do turismo de eventos do Brasil. Ao longo do ano, são realizados vários eventos internacionais, como congressos e seminários. A cidade é palco também de atividades culturais como o Festival de Inverno e o Festival Íbero-Dance, que será realizado em setembro deste ano e que em 2018 reuniu mais de 600 pessoas. O evento é um festival de dança paraguaia.

Leia Também

Iguana vai parar em prateleira de loja e só PMA para resgatar
Interior
Iguana vai parar em prateleira de loja e só PMA para resgatar
COMEÇOU A GUERRA: PP pede impugnação de Harfouche
Política
COMEÇOU A GUERRA: PP pede impugnação de Harfouche
Enfermeiro se comove ao ver cão lutar para ficar com dono internado em Anastácio
Interior
Enfermeiro se comove ao ver cão lutar para ficar com dono internado em Anastácio
Gravíssimo: Brasil tem 1.031 mortes por covid em 24 horas, com total de 143 mil
Geral
Gravíssimo: Brasil tem 1.031 mortes por covid em 24 horas, com total de 143 mil