CORUMBÁ 21 A 23/06/21
TCE 21 a 27/06/2021
Menu
terça, 22 de junho de 2021
MEDIDAS RESTRITIVAS 19/06 a 30/06/2021
Cidades

Cadastramento para conseguir casas da Agehab será suspenso por 4 meses

Durante esse período, serão analisados os processos em andamento

22 maio 2019 - 15h15Por Maressa Mendonça

Uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado, desta quarta-feira (22), suspende por 120 dias o cadastramento para participação de programas habitacionais de Campo Grande.  O texto é assinado pela diretora presidente da Agência de Habitação Popular do Estado de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez. 
 
Conforme a publicação, a suspensão durante este período servirá para analisar o processo de “priorização, hierarquização, seleção e habilitação dos candidatos para os empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida”. 
 
Na terça-feira (21) terminou o prazo de cadastramento para concorrer a uma moradia popular em Campo Grande. São 602 apartamentos  destinados para famílias com renda mensal de até R$ 1.800.  O prazo de suspensão ocorre um dia após o término do prazo de cadastramento e, segundo a assessoria de imprensa da Agehab, será o tempo necessário para análise dos processos das famílias que se inscreveram. 
 
Ainda segundo a assessoria, não há necessidade de ter cadastramento aberto no momento porque ainda não há previsão da construção de novos empreendimentos. 
 
As moradias que estão em construção na Capital e ficam no Condomínio Residencial Portal das Laranjeiras (210 unidades); Condomínio Residencial Sírio Libanês I, II e III (154); Residencial Jardim Aero Rancho 7 (119) e Residencial Jardim Aero Rancho 8 (119 unidades). De acordo com o manual de instruções para seleção de beneficiários, serão considerados para o processo de seleção somente os cadastros atualizados nos últimos 2 anos, contados a partir da última atualização.

 

Leia Também

Globo e Dráuzio Varella vão pagar R$ 150 mil a pai de garoto morto pela transexual Susy
Geral
Globo e Dráuzio Varella vão pagar R$ 150 mil a pai de garoto morto pela transexual Susy
Campanha ‘Cabo Almi Vive’ movimenta doações de sangue em Campo Grande
Cidade Morena
Campanha ‘Cabo Almi Vive’ movimenta doações de sangue em Campo Grande
Não é mentira: família recebe conta de água no valor de R$ 52 mil
Geral
Não é mentira: família recebe conta de água no valor de R$ 52 mil
Idosa é ameaçada pelo esposo ao saber de relação com outra em Campo Grande
Polícia
Idosa é ameaçada pelo esposo ao saber de relação com outra em Campo Grande