Menu
sexta, 15 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
ICMS 13 A 16/10
Cidades

Campanha viraliza e ajuda criança com doença genética rara a deixar hospital

Criança de 1 ano e cinco meses está tratando de uma gangliosidose, doença genética rara que precisava de um ventilador mecânico para voltar para casa

14 outubro 2021 - 07h00Por Vinicius Costa

A solidariedade sul-mato-grossense novamente falou mais alto. Para a família de Davi Lucas Viana Lopes, de 1 ano e cinco meses, toda a ajuda foi muito bem-vinda para ele deixar o hospital em que estava internado por conta de uma doença genética rara e retornar para sua casa.

Uma campanha foi aberta para alavancar R$ 10 mil em recursos financeiros que serviriam para a compra de um ventilador mecânico não invasivo. E, rapidamente, os valores superaram a meta colocada no site.

Para explicar o problema, a família descreveu brevemente que Davi está com Gangliosidose GM 1, uma doença genética rara causada por mutações no gene GLB 1, que codifica a beta-galactosidase, responsável pela degradação de moléculas complexas, levando o acumulo no cérebro e outros órgãos.

Por conta dessa doença, o bebê pode sofrer paragem ou regressão do desenvolvimento neurológico com comprometimento de diversos órgãos como as vísceras, olhos e musculatura em geral, inclusive a miocardiopatia.

Em uma rede social, a mãe de Davi, Gisele Viana, agradeceu imensamente a ajuda da população, dos amigos e familiares para arrecadar o dinheiro para a compra dos ventiladores. "Seja qual for o motivo, tenho certeza que Deus já tinha escolhido vocês".

No primeiro dia de divulgação da vaquinha nas redes sociais, o perfil da mãe teve quase 800 interações, entre compartilhamentos, comentários e curtidas.

Todo esse engajamento ajudou a campanha a viralizar e chegar para uma quantidade maior de pessoas, o que colaborou para que o recurso financeiro desejado pudesse ser arrecadado.

A vaquinha online contou com quase 150 contribuições, que doaram diversos valores para a compra do ventilador mecânico.

Leia Também

Casa de recém-nascido é destelhada no Santa Mônica; vizinhos ajudam
Campo Grande
Casa de recém-nascido é destelhada no Santa Mônica; vizinhos ajudam
Quatorze pessoas que estavam em barco que virou são resgatadas; 7 estão desaparecidas
Interior
Quatorze pessoas que estavam em barco que virou são resgatadas; 7 estão desaparecidas
De teto de posto a queda de árvores, temporal traz destruição a Campo Grande
Campo Grande
De teto de posto a queda de árvores, temporal traz destruição a Campo Grande
Pyong Lee pede perdão para ex-esposa e diz que 'abomina o homem que foi'
Geral
Pyong Lee pede perdão para ex-esposa e diz que 'abomina o homem que foi'