Menu
segunda, 20 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Chuva ameniza incêndios no Pantanal

As chuvas que caíram nas sub-regiões do Pantanal do Paiaguás e Nhecolândia extinguiram os incêndios que destruíam a vegetação de algumas propriedades rurais

11 setembro 2021 - 16h37Por Vinícius Squinelo

Depois de uma semana de grande propagação dos incêndios no Pantanal de Mato Grosso do Sul, devido a atos criminosos e intensidade da seca com altas temperaturas e baixa umidade do ar, o retorno das chuvas reduziu a apenas três focos de calor de maior intensidade nesta sexta-feira (10), informou o comandante da Operação Hefesto, tenente-coronel Leandro Moura Marzolla.

As chuvas que caíram nas sub-regiões do Pantanal do Paiaguás e Nhecolândia extinguiram os incêndios que destruíam a vegetação de algumas propriedades rurais. Também foi controlado o incêndio de grandes proporções no Rabicho, área militar da Marinha do Brasil no município de Ladário. Nesta região foram queimados 192 km², segundo dados de satélite.

“Os últimos dias foram de muito trabalho, exigindo emprego de toda a nossa estrutura. O fogo em algumas áreas, principalmente no entorno do Forte Coimbra (fortificação situada no Pantanal do Nabileque, fronteira com o Paraguai e Bolívia), onde os ventos fortes, chegando a 60 km por hora, contribuíam para que o fogo se propagasse rapidamente”, adiantou o comandante Marzolla.

Operação no 70º dia

As precipitações que ocorreram desde quarta-feira nestas regiões, mesmo não sendo significativas, ajudaram a extinguir os focos, que nesta sexta-feira se resumem a três: dois distantes cerca de 27 km e 18 km ao sul e leste do distrito de Porto Esperança (Corumbá) e o terceiro em propriedades rurais localizadas a 16 km do Forte Coimbra, em direção à fronteira com a Bolívia. No entorno do Forte Coimbra foram queimados 481 km².

A Operação Hefesto, coordenada a partir do quartel do Corpo de Bombeiros de Corumbá, completou seu 70º dia. Atualmente estão empregados 40 homens, com apoio de sete viaturas (equipadas com bombas de 500 quilos de água), quatro aviões Air Tractor (lançamento de água) e uma aeronave Cessna (para transporte da tropa e monitoramento diário). (com informações do MSGov)

Leia Também

Mulher morre em hospital após cair na rua ao se assustar com moto em MS
Interior
Mulher morre em hospital após cair na rua ao se assustar com moto em MS
MS está em alerta para riscos florestais e danos à saúde em razão do tempo seco
Cidades
MS está em alerta para riscos florestais e danos à saúde em razão do tempo seco
Pensando no fim de ano, comércio de Campo Grande pode contratar 6 mil temporários
Campo Grande
Pensando no fim de ano, comércio de Campo Grande pode contratar 6 mil temporários
Viciado em drogas ameaça policiais com foice no Marcos Roberto
Polícia
Viciado em drogas ameaça policiais com foice no Marcos Roberto