(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Detran irá cobrar uso de simulador a partir de fevereiro em MS

Novo método

4 JAN 2014
Ana Rita Chagas
07h00min
Foto: Detran/MS

O uso de simulador de direção para motoristas que irão tirar a carteira na categoria B começa a valer a partir de fevereiro, nas 206 autoescolas de Mato Grosso do Sul. Em entrevista concedida ao TopMidia News, a diretora de Habilitação e Educação de Trânsito do Detran/MS, Beth Félix informou que o órgão iniciará fiscalização no próximo mês em todas as autoescolas para verificar quais as unidades estão em conformidade com a resolução do Contran ( Conselho Nacional de Trânsito), que  vigora no país desde  o dia 31 de dezembro. “Não compete ao Detran instalar esses simuladores, mas sim fiscalizar. Temos quatro empregas  homologadas pelo Denatran, porém, precisamos saber  se elas têm  condições de atender todos o Brasil, principalmente Mato Grosso do Sul”, disse.

De acordo com a diretora, a determinação é válida para os alunos que iniciarão o processo de habilitação a partir deste ano. “As autoescolas terão de se adequar até fevereiro aqui no Estado para garantir  que os novos alunos possam já está fazendo uso desses simuladores. Já tivemos reuniões para ver como será feita  a instalação do equipamento, e Mato Grosso do Sul está adiantado. Muitas autoescolas já iniciaram o processo. Nós vamos exigir que cada curso tenha o simulador até porque isso vai ajudar esse novo motorista a ter mais confiança ao pegar uma direção”, acrescentou.

Acidentes – Para Beth Félix com a nova pratica será possível reduzir, consideravelmente, os índices de infrações no trânsito. “Esse simulador irá preparar o motorista para enfrentar situações adversas do trânsito e do próprio veículo, além é claro de contribuir para a diminuição nos índices de acidentes, porque ele terá uma preparação melhor para ter os devidos cuidados nas vias públicas”, enfatiza.

Segundo o Ministério das Cidades, a maior parte dos acidentes está associada à imprudência ao volante, que engloba desobediência à sinalização, abuso da velocidade e direção sob efeito de álcool. Outra parcela dos acidentes ocorridos no Brasil credita-se à falta de competências para a direção.

Dispendioso- Quem for iniciar o curso para obtenção da CNH a partir de agora terá de fazer um bom investimento, já que além das aulas praticas e teóricas, a nova regra, exige que os os alunos tenham  cinco horas de treinamento com o simulador para, só depois, começarem as aulas de direção nas ruas. O aparelho custa em torno de R$ 40 mil.

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito, os Centros de Formação de Condutores somente poderão utilizar simulador de direção previamente certificado e posteriormente homologado pelo Denatran, que será responsável pela fiscalização do cumprimento dos requisitos e exigências definidas.

Veja também