Menu
segunda, 01 de março de 2021
Cidades

Discurso polêmico de presidente do Tribunal de Justiça ganha apoio dos comerciantes de MS

Carlos Eduardo Contar defendeu o retorno das atividades comerciais no País e criticou o ''fique em casa''

25 janeiro 2021 - 15h34Por Thiago de Souza

Discurso do desembargador Carlos Eduardo Contar, ao ser empossado presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, gerou polêmica Brasil afora. Em MS, entidades do comércio varejista elogiaram a fala dele, que defendeu a volta ao trabalho e criticou a ideia do ''fique em casa''. 

Entidades como a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande estiveram na posse do magistrado, na noite de sexta-feira (22), e destacaram que o novo comandante da Justiça no Estado demonstrou ‘’comprometimento com o trabalho e o desenvolvimento da sociedade’’.

Inês Santiago, que preside a FCDL-MS, concordou com as palavras de Contar. 

"Nos enche de satisfação ouvir palavras de incentivo ao trabalho, à produtividade, pois o varejo só sobrevive se puder trabalhar".

O presidente da CDL Campo Grande, Adelaido Vila, lembrou a importância de haver um judiciário comprometido com o setor produtivo. 

"Quando a justiça prevalece, a sociedade evolui, e perceber que neste período de tantas adversidades, como o que estamos vivendo, que temos um presidente do Tribunal de Justiça incentivando o trabalho e que, claramente, está comprometido com a sociedade é motivador.