TJMS - 14 a 17/10
Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
Cidades

Em MS, 1,4 mil presos tentam mudar de vida por meio do estudo

Reeducandos estão matriculados em todos os níveis de escolaridade no Estado

25 maio 2019 - 09h30Por Rodson Willyams

Como ferramenta de ressocialização, 1.428 mil reeducandos estão matriculados no ensino regular dentro das unidades prisionais de Mato Grosso do Sul. Os dados são da Diretoria de Assistência Penitenciária, por meio da sua Divisão de Educação, da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

Do total de matriculados em 2019, 1.035 cursaram o ensino fundamental, enquanto 378, o ensino médio. Além disso, por meio de parcerias da Agepen com universidades, 11 reeducandos participaram de cursos de graduação superior à distância dentro de estabelecimentos penais. E mais quatro participam de pós-graduação.

Conforme a Lei de Execução Penal (LEP), a cada 12 horas de estudo, o detento tem direito a descontar um dia da pena. Além do desconto no total de pena a ser cumprida, estudar abre oportunidades de recomeço aos custodiados.