ENTREGAS
(67) 99826-0686
Reviva centro

Em MS: candidato, fiscal de partido e mesário são presos por crime eleitoral

Na Capital, um fiscal de partido foi preso após atrapalhar o trabalho da equipe da seção

2 OUT 2016
Rodson Willyams
16h39min

De acordo com assessoria do Tribunal Regional Eleitoral, 24 ocorrências foram registradas até o momento neste domingo (2), faltando menos de meia hora para encerrar as eleições em Mato Grosso do Sul.

Em Campo Grande, por exemplo, entre as ocorrências, um fiscal de partido acabou preso após estar dentro da seção fiscalizando documento de eleitores, segundo o TRE, ele estaria impedindo o trabalho do fiscal da seção. Por essa razão, acabou preso em flagrante. A ocorrência aconteceu na Escolas Estadual Célia Maria Naglis, na Moreninha, por volta das 11h05.

No interior de Mato Grosso do Sul, em Tacuru, um mesário acabou preso, após ser flagrado fazendo boca de urna dentro da seção eleitoral. Além deles, outras pessoas acabaram sendo presas por transporte ilegal de eleitores. Os casos foram registrados em Coxim, Jardim e Mundo Novo.

Candidatos envolvidos

Segundo o TRE-MS, um candidato acabou preso neste domingo. O caso aconteceu no município de Coxim, em que candidato foi preso fazendo transporte de eleitor. Em Itaporã, Coxim, Guia Lopes e Aparecida do Taboado, outros candidatos foram flagrados fazendo boca de urna. Essas são as informações preliminares do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul. 

Veja também