TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Cidades

Empresa de caronas pagas vai doar parte dos lucros para crianças sem família na Capital

A primeira doação para o projeto Padrinho foi no valor de R$ 10 mil

06 setembro 2018 - 18h28Por TJ/MS

Crianças e adolescentes que estão em instituições de acolhimento de Campo Grande passam a contar com um padrinho muito especial. Na tarde desta quarta-feira (5) foi formalizada a adesão do aplicativo de mobilidade Urban como parceiro financeiro do Projeto Padrinho. As entidades receberam das mãos do proprietário da empresa, André Luiz Loreto Vivas, a primeira doação no valor de R$ 10 mil.

O compromisso firmado pelo aplicativo foi reverter mensalmente a quantia de 5 centavos arrecadada de cada corrida realizada ao longo do mês. Segundo André Vivas, hoje o aplicativo é o segundo mais utilizado na Capital e realiza em média 7 mil corridas por dia.

O acordo de cooperação técnica visa a expansão da destinação dos recursos para demais cidades onde o aplicativo venha a ser implantado, sendo que, num primeiro momento, chegará a Dourados e Corumbá.

A juíza da infância e adolescência de Campo Grande e também coordenadora da Infância e Juventude do TJMS, Katy Braun do Prado, celebrou a formalização da parceria que, segundo ela, será um grande auxílio no atendimento destas crianças e adolescentes institucionalizados.

A magistrada ressaltou a importância do engajamento social dos envolvidos no projeto, como também do cidadão ao optar por utilizar o aplicativo como meio de transporte e assim beneficiar cada vez mais o público das entidades de acolhimento, lembrando que algumas, inclusive, tiveram que fechar suas portas por falta de recursos. “Eu já mudei meu aplicativo no celular e espero que esta parceria só cresça e dure por muitos anos”, celebra a juíza.