Menu
quarta, 25 de novembro de 2020
Cidades

Fé reúne fiéis em novena consagrada de Natal

Natal

25 dezembro 2013 - 14h14Por Vanessa Ricarte

Quarta-feira, 25 de dezembro. A Capital amanheceu quieta, com poucos carros nas ruas e muitas igrejas fechadas na manhã de hoje. Para quem crê no Salvador, é dia de renovar os votos de esperança e amor no Cristo Jesus. Apesar da paradeira até nos templos cristãos da cidade, as novenas da igreja com 72 anos de existência, Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, começaram cedo - às 6h da manhã e terminam hoje às 22h.

A programação prevista inclui três missas de pequena duração - com 30 minutos cada - e novenas de hora em hora. Os preparativos para a celebração do Natal católico começaram ontem, às 20h e segue neste feriado ao longo do dia.

"Aproveitei para vir e dedicar a minha vida e a dos meus familiares ao Nosso Senhor Jesus Cristo. Este é um dia de paz, confraternização e fé para que o mundo se torne um lugar melhor do que foi este ano. Rezo para que Campo Grande encontre seu caminho em meio a um ano tão turbulento na política", afirmou uma senhora que preferiu guardar para si o nome.

 

A maioria dos cristãos optou pelo o silêncio absoluto dentro da nave. Alguns fiéis percorreram a igreja de joelhos até o altar, pedindo graças neste dia de Natal. Ao redor, muitos estavam compenetrados em oração.

Da Rússia para o voluntariado em Campo Grande

Ao lado da igreja, duas jovens ajeitavam artesanatos e relíquias católicas em uma banca. Segundo elas, a renda é revertida para A Fazenda da Esperança, uma instituição católica sem fins lucrativos e voltada à reabilitação de dependentes químicos.

Uma das voluntárias, Tatiana Ivavona, 30 anos, explica como saiu da Rússia e chegou a Campo Grande. "Eu era dependente química. Firmei-me na fé católica e soube de uma fazenda no Rio de Janeiro, destinada à recuperação de viciados. O tratamento teve a duração de um ano e quando terminou voltei para a Rússia. Após quase dois anos, senti no meu coração que deveria voltar e ajudar aqueles que também precisavam."

Tatiana chegou a Campo Grande para trabalhar na unidade destinada apenas a mulheres na Capital. "Na fazenda, aprendemos a conviver com as pessoas em paz. Lá tem regras e horários para tudo. Nós que produzimos os artesanatos que vendemos aqui na Perpétuo Socorro todas as quartas."

A outra voluntária há dois meses, Karen Ross, 19 anos, também tem seus motivos para trabalhar na fazenda. "Tenho alguns familiares que são dependentes químicos. O trabalho ajuda a lidar com a situação e também o próximo", afirmou.

Sobre a circunstância de passar o Natal longe dos familiares na Rússia, Tatiana é enfática. "Sei que não é fácil ficar longe dos parentes, mas lá eu tenho muitas tentações. Prefiro ficar aqui e trabalhar", declara em tom resoluto.

 

Agrado aos clientes fiéis

Do lado de fora da igreja, alguns ambulantes já se posicionaram para atender os clientes, já que o comércio do entorno estava fechado. Menira Wassouf, 65, é uma das figuras conhecidas que resolveram abrir mão do Natal em família para trabalhar. "Meus parentes chegaram de Araçatuba e estão em casa sozinhos. Eu não ia vir, mas por consideração aos fiéis, estou aqui hoje."

Já o senhor Belarmino Pereira dos Santos, 67, trabalha há mais de 40 anos vendendo pipocas em frente à igreja e disse que já comemorou a data demasiadamente com a família. "Nossa, comemorei o Natal na casa da minha filha que fica no Aero Rancho até às 3h da madrugada. Já festejei demais. Agora é hora de trabalhar. Fico aqui até às 22h. Não posso deixar meus amigos na mão."

 

A expectativa dos voluntários da igreja é que aumente o volume de fiéis ao longo do dia. A próxima missa em celebração ao Natal acontece às 21h. 

 

Leia Também

Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
OAB-MS pode suspender advogado que pagou para estuprar meninas de 11 e 12 anos
Interior
OAB-MS pode suspender advogado que pagou para estuprar meninas de 11 e 12 anos
Perigo: Valley mantém balada mesmo com alta nos casos de covid
Cidade Morena
Perigo: Valley mantém balada mesmo com alta nos casos de covid
Vídeo: eliminada em 'A Fazenda', MC Mirella finge mostrar os seios e 'para' Av. Paulista
Geral
Vídeo: eliminada em 'A Fazenda', MC Mirella finge mostrar os seios e 'para' Av. Paulista